Docente: Enfer Cidiane Rodrigues t£©cnico em enfermagem para promover a higiene e...

download Docente: Enfer Cidiane Rodrigues t£©cnico em enfermagem para promover a higiene e profilaxia; Promover

of 21

  • date post

    06-Nov-2020
  • Category

    Documents

  • view

    4
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Docente: Enfer Cidiane Rodrigues t£©cnico em enfermagem para promover a higiene e...

  • HIGIENE e PROFILAXIA

    Docente: Enfer°Cidiane Rodrigues

  • OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

    ✓ Discutir sobre as habilidades necessárias ao

    técnico em enfermagem para promover a

    higiene e profilaxia;

    ✓ Promover o conhecimento sobre o

    Cuidado, conforto e bem estar ao paciente;

    ✓ Relacionar as principais atribuições do técnico

    em enfermagem associados a higiene e

    conforto.

  • HIGIENE X PROFILAXIA

    Higiene- são o conjunto de medidas tomadas a fim de

    oferecer a limpeza,

    o conforto e o bem estar ao cliente evitando a

    proliferação de

    microorganismos causadores de doenças.ex:

    escabiose(sarna),

    monilíase(sapinho).

  • Profilaxia - Conjunto de medidas que têm por

    finalidade prevenir ou atenuar as doenças, suas

    complicações e consequências. O termo profilaxia é

    de origem grega e significa precaução, e é também

    utilizado para designar estudo de outras áreas do

    conhecimento.

    fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Higiene

  • LIMPEZA

    Ato ou efeito de limpar, qualidade de limpo, de

    asseado, asseio, esmero, apuro.

    Limpeza é o processo de localizar, identificar,

    conter, remover e desfazer-se de forma adequada,

    de substancia indesejáveis, ou seja poluentes de

    uma superfície ou ambiente.

  • Limpeza Hospitalar

    A limpeza hospitalar e uma das medidas eficazes

    de prevenção e controle para romper a cadeia

    epidemiológica das infecções ocasionadas por: vírus;

    microbactérias e diversos fungos, tanto em contato

    com a pele como por via área.

    É o processo de remoção de sujidade mediante a

    aplicação de energia Química, Mecânica ou Térmica,

    num determinado período de tempo.

    Fonte: www. Limpezahospitalar.org.com

  • Limpeza da Unidade

    Tem como objetivo realizar a desinfecção do

    mobiliário e do material que compõe a unidade do

    cliente:

    ✓ Limpeza diária ou concorrente;

    ✓ Limpeza intermediária;

    ✓ Limpeza terminal.

    Fonte: Segurança do paciente em serviços de saúde.com

  • TIPOS DE LIMPEZA HOSPITALAR

     LIMPEZA CONCORRENTE:

    É aquela realizada, de forma geral, diariamente é

    o paciente se encontra no apartamento, e realizada

    sempre que necessário.

    Utiliza-se a limpeza úmida, e o uso de água e

    sabão.

    A limpeza inclui os pisos, instalações sanitárias,

    superfícies horizontais de equipamentos e

    mobiliários, alguns utensílios utilizados,

    esvaziamento e troca de recipientes de resíduos.

  •  LIMPEZA IMEDIATA:

    É realizada quando ocorre sujidade em áreas

    críticas e semicríticas, em qualquer período do dia.

    Consiste na remoção imediata de respingos ou

    deposição de matéria orgânica para evitar a sua

    veiculação ou seu ressecamento e consequente

    liberação para o ambiente dos microrganismos

    porventura presentes.

    Avaliar a necessidade ou não de

    descontaminação.

  •  LIMPEZA TERMINAL:

    É uma limpeza mais completa, abrangendo todo o

    ambiente e todos os materiais e equipamentos, em

    todas as suas superfícies externas e internas, em

    todos os cantos.

    Na unidade de um paciente internado deve ser

    realizada após sua alta, transferência ou óbito. Em CC

    após as cirurgias eletivas do dia.

  • MATERIAL PARA LIMPEZA CONCORRENTE/DIARIA:

    ✓ Compressas;

    ✓ Luvas de procedimento;

    ✓ Álcool à 70%;

    ✓ Mascara de proteção facial;

    ✓ Bacia;

    ✓ Água;

    ✓ Sabão liquido/ Produto estabelecido pela

    anvisa/MS.

  • MATERIAL PARA LIMPEZA TERMINAL

    Todos os da limpeza concorrente, acrescida de:

    ✓ Bota de proteção;

    ✓ Vassouras;

    ✓ Pano de chão;

    ✓ Baldes;

    ✓ Hamper;

    ✓ Luvas de borracha.

  • OBSERVAÇÃO IMPORTANTE

    ✓ Realizar movimentos únicos e amplos, em um só

    sentido, do Distal para proximal, do mais limpo

    para o mais sujo;

    ✓ Troque a água sempre que necessário;

    ✓ Use todos os EPI’s.

    Fonte: www.Ep’isseguro.com

  • ARRUMAÇÃO DO LEITO

  • ARRUMAÇÃO DO LEITO

    É a forma padronizada de distribuir e ordenar a

    roupa hospitalar, visando proporcionar conforto e

    segurança ao paciente paciente, sendo essencial na

    manutenção e na recuperação da saúde.

    Fonte: www. leito+hospitalar+publico&oq.com

  • TIPOS DE ARRUMAÇÃO DE LEITO DE

    ACORDO COM A FINALIDADE

    ✓ Cama Fechada;

    ✓ Cama Aberta;

    ✓ Cama de Operado.

  • CAMA FECHADA

    Feita após Limpeza terminal, para aguardar

    a chegada de um novo cliente.

  • CAMA ABERTA

    Feita diariamente durante a permanencia do cliente

    na unidade, utilizando o mesmo material da cama

    fechada. Entretanto, devemos considerar duas

    situações de arrumação da cama aberta: sem cliente

    ou com cliente acamado.

  • CAMA DE OPERADO

    Preparada para receber clientes

    submetidos a cirurgias.

  • OBESERVAÇÕES IMPORTANTES

    ✓ Evitar o contato das roupas de cama com o

    uniforme e com o mobiliário;

    ✓ Não arrastar nem colocar as roupas de cama no

    chão;

    ✓ Não sacudir as roupas de cama;

    ✓ Não deixar acompanhante deitar ou sentar no leito

    do paciente.

  • REFERNCIA

    De Figueiredo, Nébia Maria Almeida;Viana,Dirce

    Lplaca e Machado;Wiliam César Alves. Tratado

    Pratico de Enfermagem. Volume1. Editora YENDIS

    – 2° Edição. São Caetano do Sul- SP