Vitoria Regia

Click here to load reader

  • date post

    16-Apr-2017
  • Category

    Documents

  • view

    1.965
  • download

    2

Embed Size (px)

Transcript of Vitoria Regia

  • Luzia04-09-2013

  • A vitria-rgia ou victria-rgia (Victoria amazonica) uma planta aqutica da famlia das Nymphaeaceae, tpica da regio amaznica.

  • Ela possui uma grande folha em forma de crculo, que fica sobre a superfcie da gua, e pode chegar a ter at 2,5 metros de dimetro e suportar at 40 quilos se forem bem distribudos em sua superfcie.

  • Sua flor (a florao ocorre desde o incio de maro at julho) pode ser branca, lils, roxa, rosa e at amarela , e expelem uma divina fragrncia noturna adocicado do abric, chamada pelos europeus de "rosa lacustre", mantem-se aberta at aproximadamente as nove horas da manh do dia seguinte.

  • No segundo dia, o da polinizao, a flor cor de rosa. Assim que as flores se abrem, seu forte odor atrai os besouros polinizadores, que a adentram e nelas ficam prisioneiros.

  • Hoje existe o controle por novas tecnologias (adubao e hormnios)em que possvel controlar o tamanho dos pratos e com isso muito usada no paisagismo urbano tanto em grandes lagos e pequenos espelhos d'gua.

  • O suco extrado de suas razes utilizado pelos ndios como tintura negra para os cabelos. Tambm utilizada como folha sagrada nos rituais da cultura afro brasileira e denominado como Oxibata.

  • Lenda da vitria-rgiaA lenda da vitria-rgia uma lenda brasileira de origem indgena tupi-guarani.

  • H muitos anos antes de Cristo, em uma tribo indgena, contava-se que a lua (Jaci, para os ndios) era uma deusa que ao despontar a noite, beijava e enchia de luz os rostos das mais belas virgens ndias da aldeia. Sempre que ela se escondia atrs das montanhas, levava para si as moas de sua preferncia e as transformava em estrelas no firmamento.

  • Uma linda jovem virgem da tribo, a guerreira Naia, vivia sonhando com este encontro e mal podia esperar pelo grande dia em que seria chamada por Jaci. Naia queria porque queria ser levada pela lua. noite, cavalgava pelas montanhas atrs dela, sem nunca alcan-la. Todas as noites eram assim, e a jovem ndia definhava, sonhando com o encontro, sem desistir. No comia e nem bebia nada. To obcecada ficou que no havia paj que lhe desse jeito.

  • Um dia, tendo parado para descansar e beber gua pois estava com muita sede aps esta longa cavalgada Naia sentou-se beira de um lago, viu em sua superfcie a imagem da deusa amada: a lua refletida em suas guas. Cega pelo seu sonho, lanou-se ao fundo e se afogou. A lua, compadecida, quis recompensar o sacrifcio da bela jovem ndia, e resolveu transform-la em uma estrela diferente de todas aquelas que brilham no cu. Transformou-a ento numa "Estrela das guas", nica e perfeita, que a planta vitria-rgia.

  • FORMATAO: LUZIA GABRIELEEMAIL: luziagabriele@hotmail.comFOTOS: GOOGLEINFORMAES: WIKIPDIAMSICA: GUA VIDADATA: 04 DE SETEMBRO DE 2013 http://www.mensagensvirtuais.com.brAssim, nasceu uma linda planta cujas flores perfumadas e brancas s abrem noite, e ao nascer do sol ficam rosadas.http://www.mensagensvirtuais.com.br