Timi 3 Livro do Aluno

of 27/27
  • date post

    24-Jul-2016
  • Category

    Documents

  • view

    239
  • download

    3

Embed Size (px)

description

TIMI é um projeto de 4 níveis para o ensino de Português Língua Estrangeira (PLE) / Português Língua Segunda (PL2) para crianças que frequentem o ensino básico (dos 6 aos 10 anos). Este projeto tem como objetivo primordial o ensino da língua estrangeira de uma forma comunicativa e lúdica, apresentando conteúdos gramaticais e vocabulário de uma forma gradual e sistemática, de forma a que sejam apreendidos subtilmente. Através de um grupo de alunos e da Timi – uma tartaruga simpática e traquinas – as crianças vão tomar contacto com temas conhecidos do seu dia a dia, como a escola, a família, os animais, etc. Assim, pretende-se que sejam estimuladas a compreensão oral, a leitura e as expressões oral e escrita. TIMI 3 é um manual para alunos que estão a aprender PLE / PL2.

Transcript of Timi 3 Livro do Aluno

  • ndice1 A famlia Coelho muda de casa A famlia / A casa / Os meios de transporte / As cores Apresentao Verbos irregulares ter, ser, estar e querer no Presente do Indicativo Verbos regulares no Presente do Indicativo Pronomes pessoais e possessivos Numerais ordinais Informaes socioculturais sobre Portugal

    2 Uma visita de estudo A escola / Os animais Uso do futuro prximo ir + preposies a e para Advrbios de lugar (aqui, a, ali) Determinantes artigos indefinidos Informaes socioculturais sobre Cabo Verde

    3 Passagem de modelos na escola O vesturio / O corpo humano Verbo irregular ter + preposio de Verbos regulares no Pretrito Perfeito Simples Informaes socioculturais sobre a Guin-Bissau

    4 O bolo de iogurte A alimentao Verbos irregulares poder, ver, fazer, pr e saber no Presente do Indicativo Pronomes demonstrativos (isto, isso, aquilo) Informaes socioculturais sobre S. Tom e Prncipe

    5 Concurso de histrias Os super-heris / A cidade / As lojas Verbos irregulares ler, dizer, ouvir, pedir e dar no Presente do Indicativo Numerais cardinais de 10 a 100 Informaes socioculturais sobre Angola

    6 O filho da raposa As profisses / A quinta Verbos irregulares ir, estar, ter e ser do Pretrito Perfeito Simples do Indicativo Verbos irregulares vir, cair, sair, subir, trazer e dormir no Presente do Indicativo Antnimos de adjetivos Determinantes demonstrativos (este/esta/estes/estas/esse/essa/esses/essas/aquele/aquela/

    aqueles/aquelas) Informaes socioculturais sobre o Brasil

    7 O torneio de basquetebol Os desportos / Os tempos livres Verbo haver na forma verbal h do Presente do Indicativo e houve do Pretrito Perfeito Simples Verbos irregulares dar, poder, querer, ver e pr no Pretrito Perfeito Simples Numerais cardinais at 999 Preposies e locues prepositivas (no / na / entre / atravs de / no meio de / frente de / volta

    de / em cima de / ao lado de / debaixo de / atrs de / dentro de) Informaes socioculturais sobre Moambique

    8 Maravilhas na praia A praia / Os meses / O tempo meteorolgico / Os dias da semana Verbos irregulares dizer, saber, trazer, vir e fazer no Pretrito Perfeito Simples Informaes socioculturais sobre Goa e Macau

    9 Uma cozinheira distrada O campo / Os animais Gneros regular e irregular dos nomes Preposies e locues prepositivas Informaes socioculturais sobre Timor-Leste

  • Isabel BorgesMartina Tirone

    Teresa Gja

    Ilustraes: Liliana Loureno

    Lidel Edies Tcnicas, Lda.Lisboa PorToe-mail: [email protected]

    http://www.lidel.pt (Lidel on-line)(site seguro certificado pela Thawte)

    PORTUGUS LNGUA ESTRANGEIRA / PORTUGUS LNGUA SEGUNDA

  • EDio E DisTribUio

    Lidel edies tcnicas, lda.

    EsCriTrios sEDE: rua D. Estefnia, 183, r/c Dto. - 1049-057 Lisboa internet: 21 354 14 18 - [email protected] revenda: 21 351 14 43 - [email protected] Formao/Marketing: 21 351 14 48 - [email protected]/[email protected] Ens. Lnguas/Exportao: 21 351 14 42 - [email protected] Fax: 21 357 78 27 - 21 352 26 84 Linha de autores: 21 351 14 49 - [email protected] Fax: 21 352 26 84

    LiVrariasLisboa: avenida Praia da Vitria, 14 1000-247 Lisboa Telef: 213 541 418 Fax 213 173 259 [email protected]: rua Damio de Gis, 452 4050-224 Porto Telef: 225 573 510 Fax 225 501 119 [email protected]

    Copyright Dezembro 2011Lidel Edies Tcnicas, Lda.

    LiVroCapa e layout: Elisabete Nunesilustraes de capa e miolo: Liliana LourenoPaginao: Elisabete Nunesimpresso e acabamento: Printer Portuguesa indstria Grfica Lda.Depsito legal n 337776/11

    CDautoria das msicas: Dino, Miguel Cerviniautoria das letras: Luciana ribeiroautoria dos textos: isabel borges, Martina Tirone, Teresa GjaVozes: ana rangel, Dino, Luciana ribeiro, Miguel CerviniMsicos: Dino, Miguel CerviniExecuo Tcnica: DinoDuplicao: MPo (Portugal) Lda.

    Este pictograma merece uma explicao. o seu propsito alertar o leitor para a ameaa que representa para o futuro da escrita, nomeada-mente na rea da edio tcnica e universitria, o desenvolvimento massivo da fotocpia.o Cdigo do Direito de autor estabelece que crime punido por lei, a fotocpia sem autorizao dos proprietrios do copyright. No entanto, esta prtica generalizou-se sobretudo no ensino superior, provocando uma queda substancial na compra de livros tcnicos. assim, num pas em que a literatura tcnica to escassa, os autores no sentem motivao para criar obras inditas e faz-las publicar, ficando os leitores impossibili-tados de ter bibliografia em portugus. Lembramos portanto, que expressamente proibida a reproduo, no todo ou em parte, da presente obra sem autorizao da editora.

    P & C 2011 - LidelL sPa

    Todos os direitos reservados

    isbN: 978-972-757-841-2

  • APRESENTAO

    TIMI 3 um manual para alunos que esto a aprender PLE / PL2. Baseia-se, sobretudo, na expresso oral, sendo dada, no entanto, nfase expresso escrita e a aspetos socioculturais da Lusofonia .

    Este quarto e ltimo nvel surge na continuao de TIMI, TIMI 1 e TIMI 2 acompanhando a criana at ao final do 1 ciclo do Ensino Bsico (dos 6 aos 10 anos).

    O projeto TIMI acompanha, em cada nvel, as capacidades cognitivas da criana, quer esta tenha ou no conhecimentos prvios de portugus, valorizando os seus interesses nomeadamente no que diz respeito ao gosto pela msica, jogos, histrias e expresso artstica, motivando-a desta forma para a comunicao em portugus e o desenvolvimento das suas competncias lingusticas.

    No fim deste quarto volume, o aluno ter as competncias previstas no nvel elementar (A2) de portugus com base no Quadro Europeu Comum de Referncia para as Lnguas do Conselho da Europa.

    PREFCIO

    Aceitmos o desafio da Lidel para embarcarmos nesta aventura, metemos mos obra e assim nasceu o PROJETO TIMI. Gostaramos de deixar aqui o nosso sincero agradecimento a todos os que tornaram possvel a sua concretizao!

    Contagiada pelo nosso entusiasmo, a tartaruga Timi resolve partir

    descoberta da Lusofonia, acompanhada por nove fascinantes amigos que vo partilhar connosco novas sensaes e conhecimentos de aqum e alm-mar. E que viagem!...

    Agora que chegamos ao fim, sentimo-nos gratas por saber que tantas

    crianas vo tambm ter a possibilidade de viajar pelos caminhos da Lngua Portuguesa com a mesma alegria e prazer com que ns prprias o fizemos. Obrigada Timi!!!

    As Autoras

  • Smbolos da Timi

    Vamos cantar!

    Gramtica

    Ouvir CD

    Agora eu!

    Caderno de Exerccios

    Quiz

    Ler

    A

    gora eu

    !

  • ndice1 A famlia Coelho muda de casa A famlia / A casa / Os meios de transporte / As cores Apresentao Verbos irregulares ter, ser, estar e querer no Presente do Indicativo Verbos regulares no Presente do Indicativo Pronomes pessoais e possessivos Numerais ordinais Informaes socioculturais sobre Portugal

    2 Uma visita de estudo A escola / Os animais Uso do futuro prximo ir + preposies a e para Advrbios de lugar (aqui, a, ali) Determinantes artigos indefinidos Informaes socioculturais sobre Cabo Verde

    3 Passagem de modelos na escola O vesturio / O corpo humano Verbo irregular ter + preposio de Verbos regulares no Pretrito Perfeito Simples Informaes socioculturais sobre a Guin-Bissau

    4 O bolo de iogurte A alimentao Verbos irregulares poder, ver, fazer, pr e saber no Presente do Indicativo Pronomes demonstrativos (isto, isso, aquilo) Informaes socioculturais sobre S. Tom e Prncipe

    5 Concurso de histrias Os super-heris / A cidade / As lojas Verbos irregulares ler, dizer, ouvir, pedir e dar no Presente do Indicativo Numerais cardinais de 10 a 100 Informaes socioculturais sobre Angola

    6 O filho da raposa As profisses / A quinta Verbos irregulares ir, estar, ter e ser do Pretrito Perfeito Simples do Indicativo Verbos irregulares vir, cair, sair, subir, trazer e dormir no Presente do Indicativo Antnimos de adjetivos Determinantes demonstrativos (este/esta/estes/estas/esse/essa/esses/essas/aquele/aquela/

    aqueles/aquelas) Informaes socioculturais sobre o Brasil

    7 O torneio de basquetebol Os desportos / Os tempos livres Verbo haver na forma verbal h do Presente do Indicativo e houve do Pretrito Perfeito Simples Verbos irregulares dar, poder, querer, ver e pr no Pretrito Perfeito Simples Numerais cardinais at 999 Preposies e locues prepositivas (no / na / entre / atravs de / no meio de / frente de / volta

    de / em cima de / ao lado de / debaixo de / atrs de / dentro de) Informaes socioculturais sobre Moambique

    8 Maravilhas na praia A praia / Os meses / O tempo meteorolgico / Os dias da semana Verbos irregulares dizer, saber, trazer, vir e fazer no Pretrito Perfeito Simples Informaes socioculturais sobre Goa e Macau

    9 Uma cozinheira distrada O campo / Os animais Gneros regular e irregular dos nomes Preposies e locues prepositivas Informaes socioculturais sobre Timor-Leste

  • 6 / seis

    Eu sou uma palanca. Sou

    angolana.

    Eu sou uma lagaia. Sou

    so-tomense. Eu sou uma arara. Sou brasileira.

    Eu sou um babuno. Sou

    guineense.

    Eu sou um co Serra da Estrela. Sou portugus.

    Eu sou uma tartaruga do

    mar. Sou cabo--verdiana.

    Portugal

    Cabo Verde

    Guin-Bissau

    So Tom e PrncipeBrasil

    Angola

  • 7 / sete

    Eu sou uma zebra. Sou

    moambicana.

    Eu sou um crocodilo. Sou

    timorense.

    Eu sou um sapo. Sou macaense. Eu sou um

    elefante. Sou gos.

    Angola

    Goa

    Timor-Leste

    Moambique

    Macau

  • Unidade 1 o sto

    a lareira

    o 1 andar

    a cmoda

    o rs do cho

    o interruptor

    a varanda

    a casota

    a gaveta

    a rosa

    a cave

    primeiro

    segundo

    a poltrona

    a andorinha

    a violeta

    o cravo

    a entrada

    o cato

    TIMI 3

    8 / oito

    a toca

    a toupeira

    terceiro

    quarto

    quinto

    sexto

    stimo

    oitavo

    nono

    dcimo

    o apartamento

    a tomada

    o ecoponto

    o champ

    o chuveiro

    a pasta de dentes

    o autoclismo

    o caixote

    o toalho

    a escova de dentes

    o forno

    o micro-ondas

    a toalha

    o skate

    o aspirador

    a carrinha

    o comprador

    o piloto

    a mala

    o balde do lixo

    a escova

    1

  • Unidade 1

    a cancela

    receber

    Unidade 1

    9 / nove

    o contentora mulher

    o marido

    os primos

    o bebo sobrinho

    a sobrinha

    a vizinha / o vizinho

    dar

    o presente

    os gmeos

    a bengala

    a trela

    a caixa de correio

    a vivenda

    o porto

    o papagaio

    o fato de treino

    a sofiao Miguel

    a bruna

    o parapeito

    a piscina

    o empregado de mesa

  • Unidade 1

    10 / dez

    A famlia Coelho muda de casaOuve e l.

    Hoje sbado e toda a famlia ajuda na mudana para a casa nova.

    Bom dia! preciso ajuda?

    Av, tem cuidado,

    no caias!

    1, 2, 3, fora!

    Queres ajuda?

    Sim, obrigado. Eu sou o Miguel. E

    vocs, como que se

    chamam?

    E eu sou a Celeste.

    Andamos na mesma escola.

    Eu sou o Lucas. Moro no

    primeiro andar.

    Pois ! J estou a ficar

    cansada!

    Eh! Tanta coisa!

    Ups! Caiu tudo!

    Ufa! Este pesado.

    1 2

  • Unidade 1

    11 / onze

    Ento j conheces os

    nossos novos vizinhos, Miguel?

    Est bem, mas com cuidado!

    Sim, me. Chamam-se

    Lucas e Celeste.

    Que bom! Olhem, vem ali a minha filha.

    Esta a Sofia, a minha irm

    gmea.

    Ol! Vocs tambm tm

    irmos?

    Eu no, mas tenho dois primos que

    moram neste prdio, no terceiro andar.

    Eu tenho dois irmos:

    um mais novo e outro mais velho. E os meus avs

    tambm moram l em

    casa.

    Quem que tem fome? Abro

    um pacote de bolachinhas?

    Sim, bolachinhas! Obrigada, avozinha!

    Ns vamos jogar bola para o

    parque. Querem vir?

    Podemos, me?

  • Unidade 1

    Em que dia da semana que a famlia Coelho faz a mudana?

    Quem ajuda na mudana?

    Como se chamam os novos vizinhos do Miguel?

    O que que a av oferece s crianas?

    Para onde que eles vo jogar bola?

    12 / doze

    L e responde.

    Escreve os nomes correspondentes s imagens.

    L e dramatiza.

    2

    3

    4

    No quarto h...

    O que h no quarto?

    6a

    8

    a1

    a2

    a3

    a4

    5a

    7a

    10a

    9a

    1

    4

    2

    5

    7 9

    6

    3

    10

    8a

  • Unidade 1

    13 / treze

    Aprende e completa.

    Aprende e completa.

    5

    6

    Tu (ter) um irmo. Ele (ser) vizinho da av. Ns (estar) no jardim. Vocs (ter) um bon. O co (estar) na casota.A Sofia (querer) um fato de treino. Eu (ser) do segundo esquerdo. Ns (ter) coelhos no jardim. Ele (querer) jogar bola. Vocs (ser) gmeos? Ns (querer) comer bolachas.

    Eles (comer) gelado. Eu (chamar-se) Miguel. Tu (morar) no apartamento. Ns (abrir) um presente. Ela (chamar-se) Sofia. A vizinha (abrir) a janela. Vocs (morar) no quinto andar? Tu (abrir) a cancela. Ns (morar) na casa dos avs. Eu (comer) bolo.

    ter

    Eu tenho Tu tens Ele/Ela tem Ns temos Vocs tm Eles/Elas tm

    ser

    Eu sou Tu s Ele/Ela Ns somos Vocs so Eles/Elas so

    estar

    Eu estou Tu ests Ele/Ela est

    Ns estamos Vocs esto Eles/Elas esto

    morar

    Eu moro Tu moras Ele/Ela mora

    Ns moramos Vocs moram Eles/Elas moram

    comer

    Eu como Tu comes Ele/Ela come

    Ns comemos Vocs comem Eles/Elas comem

    abrir

    Eu abro Tu abres Ele/Ela abre

    Ns abrimos Vocs abrem Eles/Elas abrem

    chamar-se

    Eu chamo-me Tu chamas-te Ele/Ela chama-se

    Ns chamamo-nos Vocs chamam-se Eles/Elas chamam-se

    querer

    Eu quero Tu queres Ele/Ela quer

    Ns queremos Vocs querem Eles/Elas querem

  • Unidade 1 7

    14 / catorze

    Procura as palavras correspondentes s imagens.

    8 Completa.

    meu(s) / minha(s) teu(s) / tua(s) dele / dela nosso(s) / nossa(s) vosso(s) / vossa(s) deles / delas

    X E D R V B U I P M N G P

    Q C R A V O S D C M O D A

    E A P L U Q F V B U I N M S

    D S X V B C A N C E L A N S

    E O R C R T B L P Q S R E

    D T V B N R T Q X S C V O I

    F A T O X D E X T R E I N O

    B N O T M O P R E S D Q F

    G M E O S T B N I Q A S E

    Q F A R N I P B N U R E S

    F U D E C B L A R E I R A P

    J L A R T H N I L L S D C

    V B T U N J O P E R O D S F

    Eu gosto muito do av. Ele brinca (com/eu).A av mora (com/vocs).O irmo faz os trabalhos de casa (com/tu)?Eu jogo bola com os primos.As primas esto no jardim (com/ns).

    L e dramatiza.9O meu pai chama-se

    Pedro.

    Como se chama o teu pai?

    com + eu = comigocom + tu = contigo com ele / com ela com + ns = connoscocom + vocs = convosco com eles / com elas

  • Unidade 1

    15 / quinze

    10 Observa e completa.

    11 L e dramatiza.

    Ex: O coelho mora no terceiro andar.

    No andar h uma rosa.

    No quarto andar est um janela.

    A andorinha mora no andar.

    A toupeira est a abrir a janela do andar.

    No andar h uma rvore na varanda.

    A borboleta do andar est a comer uma bolacha.

    O co do andar tem uma .

    No andar havia uma balo!

    No andar h violetas janela.

    No segundo andar h...

    O que h no segundo andar?

  • Unidade 1

    16 / dezasseis

    12 L e numera as imagens.

    1 No sbado, de manh, todos ajudam na mudana de casa.2 No prdio moram muitas famlias.3 A famlia do Joo mora no terceiro andar.4 tarde, a festa do Joo no jardim.5 O Joo abre os presentes.6 Os meninos querem brincar com os bales.7 Os vizinhos tambm comem o bolo de anos.8 noite, o co quer saltar a cancela.

    L e dramatiza.13

    O que fazes ao amanhecer? Acordo, levanto-me

    e visto-me.

    a manh

    amanhecer

    a tarde

    entardecer

    a noite

    anoitecer

  • Unidade 1 14

    17 / dezassete

    Observa.

    azul escuro

    azul claro

    16 L e numera.

    1 A bandeira do Brasil verde e amarela e tem um globo azul no centro.

    2 A bandeira de So Tom e Prncipe vermelha, verde e amarela e tem duas estrelas pretas.

    3 A bandeira de Portugal verde e vermelha, tem uma esfera amarela e um escudo vermelho com sete castelos amarelos.

    4 A bandeira de Macau verde e tem cinco estrelas e uma flor de ltus.

    15 L e dramatiza.

    azul.De que cor o cu?

    bege

    lils

    roxo

  • Unidade 1 17 Pinta e completa.

    18 / dezoito

    A bandeira de

    .

    A bandeira de

    e tem estrela .

    A bandeira de

    e tem estrela .

    A bandeira de

    e tem estrela .

    A bandeira de

    e tem estrelas .

    A bandeira de

    .

    .

    .

  • Unidade 1 18 Escreve.

    19 / dezanove

    A bandeira do meu pas

    O meu pas

    A

    gora eu

    !

  • Unidade 1 19 L e observa.

    PORTUGAL

    Capital: Lisboa

    rea: 92 090 km

    Populao: 10 555 853 habitantes

    Moeda: euro

    Lngua oficial: portugus

    anans, Aores esttua de Fernando Pessoa, Lisboa

    Lagoa do Fogo, Aores

    castelo de Leiria espigueiro, Minho

    galo de Barcelos

    co Castro Laboreiro calada portuguesa

    bananas, Madeira pastel de nata

    eltrico, Lisboa Ribeira do Porto

    20 / vinte

  • Unidade 1 20 L e liga.

    21 / vinte e um

    As casas tradicionais da Madeira tm forma triangular

    com o telhado coberto de colmo, paredes pintadas

    de branco, portas vermelhas e janelas azuis.

    A torre de Belm foi construda durante o reinado de

    D. Manuel I, na margem norte do rio Tejo, entre 1514

    e 1520, para defesa da cidade de Lisboa. Patrimnio

    Cultural da Humanidade da UNESCO.

    Amlia Rodrigues foi uma fadista e atriz, considerada

    o exemplo mximo do fado msica tradicional

    portuguesa.

    O Pico Alto, na ilha do Faial, Aores, com 2352 metros,

    o ponto mais alto de Portugal.

    O rio Douro nasce em Espanha e atravessa o norte de

    Portugal. o segundo rio mais extenso da Pennsula

    Ibrica, depois do rio Tejo.

    Desde o sculo XV que os portugueses pescam

    bacalhau no Atlntico Norte e o cozinham de 1001

    maneiras diferentes!

  • Unidade 1

    22 / vinte e dois

    21 Ouve e l.

    Sabem que o portugus uma lngua muito antiga,

    falada por muita gente, em muitos lugares do mundo?

    No Brasil...

    A srio? No sabia!...

    Onde?

    Em Angola.

    E na minha, em So Tom e

    Prncipe!

    E agora em Timor-Leste todos os meninos

    aprendem portugus na escola.

    Em Moambique.

    Sim, na minha terra, em

    Cabo Verde!

    Em Macau e em Goa ainda h algumas

    pessoas que falam um pouco de portugus.

    3

    Na Guin-Bissau tambm!

  • Unidade 1

    23 / vinte e trs

    aqui na Torre de Belm que a

    nossa AVENTURA vai comear!

    Querem conhecer

    Cabo Verde?

    Sim, vamos l.

    Vamos tudo preparar para depressa zarpar!

    E em Cabo Verde paramos e portugus falamos!

  • Unidade 1

    24 / vinte e quatro

    22 L.

    A lenda das amendoeiras

    H muito, muito tempo, o Algarve pertenceu aos mouros, um povo rabe-berbere oriundo principalmente da regio do Saara ocidental e da Mauritnia, que conquistou a Pennsula Ibrica (Portugal e Espanha).

    Ora, havia, no Algarve, um rei mouro casado com uma bonita rapariga do norte da Europa, que se chamava Gilda.

    Era uma rainha bela, mas triste. Nem o casamento, nem as festas, nem os mais ricos presentes a faziam sorrir.

    Um dia o rei perguntou a Gilda:

    Mas porque que ests sempre to triste, minha rainha?

    Sabes, meu rei, tenho saudades da minha terra, do frio e da neve.

    Ento, o rei pensou, pensou, pensou e teve uma ideia brilhante: mandou plantar amendoeiras por todo o Algarve.

    Algum tempo depois, no inverno, as amendoeiras ficaram cheias de flores brancas.

    O rei levou Gilda torre mais alta do castelo.

    Chegada ali, e vendo as terras cobertas de um manto branco, Gilda pensou que era neve e a sua tristeza desapareceu.

    E viveram felizes para

    sempre!

    As amendoeiras comeam a florir em pleno inverno e conservam a flor, normalmente, at fins de fevereiro.

    Lenda popular (adaptada)

  • Unidade 1

    25 / vinte e cinco

    Vamos tudo prepararPara podermos partir.Tantas terras, tanto mar,Tanta gente a descobrir!

    Somos todos to diferentes,H tanto para aprenderE em outros continentes Mil amigos quero ter.

    (Refro)Iamos a bandeiraNo mastro da caravela, verde e vermelhaCom uma esfera amarela.

    na Torre de BelmQue a viagem vai comear,Com a Capit Timi vamosNavegar, navegar!

    J tenho saudades de casaE at medo de enjoar!Mas estou pronto pra partir

    A AVENTURA vai comear!

    Ora vamos l ver.Quem quer responder?

    23 Vamos cantar!

    Como se chama a irm gmea do Miguel?

    De que cor a bandeira de Portugal?

    Quem o irmo da tua me?

    Que lngua se fala em Portugal?

    Continua: primeiro, ...

    Diz 5 cores.

    Conta at 20.

    Diz o nome de 3 pases onde se fala portugus.

    A AVENTURA VAI COMEAR!

    As amendoeiras comeam a florir em pleno inverno e conservam a flor, normalmente, at fins de fevereiro.

    24 Responde.

    4