TGI I Edifício Cidade - Rafael Sampaio - Processos

Click here to load reader

  • date post

    28-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    228
  • download

    1

Embed Size (px)

description

TGI I_IAU - USP/ SC Registro de desenvolvimento do projeto realizado no Trabalho de Graduação Integrado (TGI.I) - Instituto de Arquitetura e Urbanismo.

Transcript of TGI I Edifício Cidade - Rafael Sampaio - Processos

  • EDIF

    CIO

    CID

    ADE

    PROCESSOS

  • EDIFCIO CIDADEPROPOSIES ARquItEtnICAS Em CAmPInAS

    A IDEntIDADE DE FORmA

    tGI.I 2011 RAFAEl DE OlIvEIRA SAmPAIO

  • unIvERSIDADE DE SO PAulOInStItutO DE ARquItEtuRA E uRBAnISmOSO CARlOS - SP

    PROFESSORES CAP

    EulAlIA PORtElA nEGRElOSJOuBERt JOSE lAnChAPAulO CESAR CAStRAlPAulO YASSuhIDE FuJIOkASImOnE hElEnA t. vIzIOlI

    CADERnO DE APRESEntAO DO PROCESSO DE DESEnvOlvImEntO DA DISCIPlInA DE tGI IPROJEtO DE IntERvEnO uRBAnA nA REA DO AntIGO tERmInAl RODOvIRIO DE CAmPInAS - SP

  • COnCEItOSDEFInIO DE POStuRA

  • OBJEtOSCOnCREtIzAO DE IDIAS

  • OBJEtO 6SntESE DE COnCEItOS

  • REAEStRutuRA uRBAnA

  • PRODUCED BY AN AUTODESK EDUCATIONAL PRODUCT

    1 - Dcada de 60 - Distrito industrial - Habitao perifrica de camadas sociais de baixa renda2 - Dcada de 60 - Comrcio / Indstria depequeno e mdio porte - Habirao de camadas sociais de renda mdia3 - Dcadas de 60 / 80 - Comrcio e Armazenamento - Habitao de camadas sociais de renda mdia e alta4 - Dcadas de 60 / 80 - Indstria e comrcio diversicados - Habitao de camadas sociais de baixa renda5 - Dcadas de 70 / 90 - Comrcio diversicado pequenas industrias - Habitao de camadas sonciais de renda mdia

    rea de Projeto

    reas de Expanso

    1

    3

    4

    5

    2

  • PRODUCED BY AN AUTODESK EDUCATIONAL PRODUCT

    rea de Projeto

    Vzios Urbanos

    Linha Frrea

  • rea de Projeto

    Centro

    Bairro Vila Ferreira

    Vila Operria

  • rea de Projeto

    Centro

    Bairro Vila Ferreira

    Vila Operria

    Pontos de Relao

    Areas de Atuao

  • PROPOStASPOSSIBIlIDADES DE AtuAO

  • PROPOStA

    1A PRImEIRA PROPOStA SuRGE COm O REPERtRIO DE FORmAS E AES DESEnvOlvIDAS POR mEIO DOS OBJEtOS, lEItuRAS, E lEvAntAmEntOS REAlIzADOS. O PROJEtO COnSIStE nA FORmAO DE PlAnOS hORIzOntAIS quE SE IntERlIGAm E SE lIGAm A DIFEREntES POntOS DO tERREnO, nOS PlAnOS COnFIGuRADOS SO InSERIDOS vOlumES PRISmtICOS quE PASSAm A EStABElECER RElAES EntRE ElEmEntOS FluXOS E FIXOS PRESEntES nO COnJuntO (OBJEtO - mEIO).

    O COnJuntO COnFIGuRADO SOFRE AInDA A AO DE DElImItAO POR mEIO DA InSERO DE umA GRAnDE COBERtuRA, quE AO SOFRER A AO PlStICA DO CORtE PEmItE quE O EDIFCIO SE RElACIOnE DE DIFEREntES FORmAS COm O AmBIEntE CIRCunDAntE, FORmAnDO umA lGICA IntERnA PRPRIA DE FunCIOnAmEntO.

  • . TGI I

    AES PROJETUAIS

    RAFAEL DE OLIVEIRA SAMPAIO

    CO

    NS

    TR

    U

    O

    T

    EN

    S

    O

  • . TGI I

    AES PROJETUAIS

    RAFAEL DE OLIVEIRA SAMPAIO

    CO

    NS

    TR

    U

    O

    T

    EN

    S

    O

  • PROPOStA 1 - COBERtuRA

  • PROPOStA 1 - PAvImEntO 2

  • PROPOStA 1 - PAvImEntO 1

  • PROPOStA 1 - PAvImEntO t

  • PROPOStA 1 - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA Av. AnDRADE nEvES

  • PROPOStA 1 - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA RuA BARO DE PARnABA

  • PROPOStA 1 - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA Av. BARO DE ItAPuRA

  • PAv -1

    PAv t

    PAv 1

    PAv 2

    COBERtuRA

  • PROPOStA 1 - PERSPECtIvA IntERnA - vIStA DO PAvImEntO 1 SEntIDO tRIO

  • PROPOStA 1 - PERSPECtIvA IntERnA - RAmPA DE ACESSO DO PAvImEntO -1

  • PROPOStA 1 - PERSPECtIvA - vIStA D0 PAvImEntO 2 SEntIDO tRIO

  • PROPOStA

    A SEGunDA PROPOStA DESEnvOlvImEntO A PRImEIRA, CARACtERIzAnDO- SE nO EntAntO POR REPRESEntAR umA mAIOR PREOCuPO COm OS DEtAlhES COmO A DEFInIO DOS PRInCIPAIS ACESSOS E A mAnEIRA nA quAl O EDIFCIO SE RElACIOnA COm SEu EntORnO.

    FOI COnFIGuRADO umA nOvA DImEnSO ESPACIAl IntERnA AtRAvS DA ADIO DE PAtAmARES, DEFInIO DE RElAES EntRE OS PAvImEntOS E ORDEnAOS vOlumtRICAS IntERnAS, COm O IntItO DE COnFIGuRAR AlGunS tIPOS DE ESPACIAlIDADES E ESPECIFICIDADES DESEJADAS. PARA SE ChEGAR AS tAIS quEStES FOI tOmADO COmO PRInCPIO O EStuDO APuRADO SOBRE O RElEvO CARACtERStICO DA REA, ASSIm COmO A RElAO vOlumtRICA EntRE O nOvO EDIFCIO E O SEu COntEXtO.

    O EStuDO E DESEnvOlvImEntO DE tAIS ASPECtOS AmPlIOu A nOO DA COnFIGuRAO ESPACIAl IntERnA E EXtERnA, tORnAnDO POSSvEl PEnSAR nA RElO DESSE nOvO OBJEtO ARquItnICO E SuAS DInmICAS DE uSO E FunCIOnAmEntO.

    2

  • PROPOStA 2 - AnlISES E EStuDO DE RElEvO

  • PROPOStA 2 - ESBOOS

  • PROPOStA 2 - PERSPECtIvA - FORmA AtuAl DO tERREnO

  • PROPOStA 2 - CORtE DO tERREnO B B

    PROPOStA 2 - CORtE DO tERREnO A A

  • PROPOStA 2 - FORmA AtuAl DO tERREnO

  • PROPOStA - EStuDO DE RElEvO

  • PROPOStA 2 - PAvImEntO t

  • PROPOStA 2 - PAvImEntO 1

  • PROPOStA 2 - PAvImEntO 2

  • PROPOStA 2 - PAvImEntO 3

  • PROPOStA 2 - COBERtuRA

  • PROPOStA 2 - CORtE A A

    PROPOStA 2 - CORtE B B

  • PROPOStA 2 - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA Av. AnDRADE nEvESlIGAO EntRE O EDIFCIO E A AvEnIDA nA COtA 679

  • PROPOStA 2 - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA RuA BARO DE PARnAIBAlIGAO EntRE O EDIFCIO E A RuA nA COtA 685

  • PROPOStA 2 - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA Av. AnDRADE nEvES

  • PAv -1

    PAv t

    PAv 2

    PAv 1

    COBERtuRA

    PAv 3

    cota 675

    cotaS 679 e 681

    cotaS 683 e 685

    cotaS 687 e 689

    cotaS 691 e 693

  • PROPOStA 2 - PERSPECtIvA IntERnA - vIStA DO PAvImEntO 4 - SEntIDO tRIO

  • PROPOStA 2 - PERSPECtIvA IntERnA - vIStA DO PAvImEntO 1 - SEntIDO tRIO

  • PROPOStA 2 - PERSPECtIvA IntERnA - vIStA DO PAvImEntO t - RAmPA DE ACESSO

  • PROJEtOPROPOStA

  • PROJEtO

    A tERCEIRA PROPOStA APRESEntADA FRutO DO COntnuO PROCESSO DE DESEnvOvImEntO EXPERImEntADO At EntO.

    O PROJEtO, PARtInDO DE tODOS OS ASPECtOS J lEvAntADOS, SE DEStACA POR APRESEntAR nOvAS DEFInIES - nOvAS EXPlORAOES SOBRE AS RElAES EntRE PISOS IntERnOS, vOlumES, ESPAOS, mAtERIAlIDADE, DInmICAS DE uSO E FluXO ASSIm COmO A PROPOStA DE um POSSvEl PROGRAmA ACARREtu nA GERAO DE COnSIDERAvEIS muDAnAS nA COnFIGuRAO IntERnA DO COmPlEXO.

    tEnDO Em mEntE quE AS PROPOStAS ARquItEtnICAS DESEnvOlvIDAS At EntO, EStA APRESEntA A CRIAO DE umA InStnCIA ESPACIAl AltERnAtIvA AO COntEXtO InSERIDA, quE PulSA E REFlEtE A DInmICA DE uSO E multIFunCIOnAlIDADES PRESEntES nA PRPRIA CIDADE DE CAmPInAS tEntAnDO EXPlICItAR umA DE SuAS mAIORES CARACtERStICAS - A AmBIGuIDADE.

    P

  • IImPlAntAOImPlAntAO DO OBJEtO ARquItEtnICO E SuAS RElAES COm O mEIO Em quE SE InSERE

  • PROJEtO - lOCAlIzAO

  • PROJEtO - hIPSOGRAFIA

  • PROJEtO - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DO EnCOntRO DA Av. AnDRADE nEvES COm A Av. BARO DE ItAPutRA

  • PROJEtO - vIStA EXtERnA - ImPlAntAO

  • PROJEtO - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA Av. AnDRADE nEvES

  • PROJEtO - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA Av. AnDRADE nEvES PROPOStA 2 lIGAO EntRE O EDIFCIO E A AvEnIDA nA COtA 679

  • PROJEtO - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA Av. AnDRADE nEvESlIGAO EntRE O EDIFCIO E A AvEnIDA nA COtA 681

  • PROJEtO - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DO EnCOntRO DA RuA BARO DE PARnABA COm A Av. BARO DE ItAPutRA

  • PROJEtO - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA RuA BARO DE PARnAIBAlIGAO EntRE O EDIFCIO E A RuA BARO DE PARnABA nA COtA 684

  • PROJEtO - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA RuA BARO DE PARnAIBA

  • MmAquEtEmAquEtE FSICA - EStuDOS DE ESCAlA DE InSERO vOlumEtRIA E mAtERIAlIDADE

  • PROJEtO - PERSPECtIvA IntERnA - PAvImEntO 5 - SEntIDO ESCOlA

  • PROJEtO - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA RuA BARO DE PARnAIBA

  • PROJEtO - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA RuA BARO DE PARnAIBA

  • PROJEtO - PERSPECtIvA EXtERnA - vIStA DA RuA BARO DE PARnAIBA

  • PROJEtO - PERSPECtIvA IntERnA - PAvImEntO 5 - SEntIDO ESCOlA

  • PROJEtO - PERSPECtIvA IntERnA - PAvImEntO 5 - SEntIDO ESCOlA

  • PROJEtO - PERSPECtIvA IntERnA - PAvImEntO 5 - SEntIDO ESCOlA

  • CCORtESRElAES E ARtICulAO DE PAvImEntOS - ACESSOS COntInuIDADES E BARREIRAS

  • PROJEtO - DEtAlhE DO CORtE DO tERREnO A A

  • PROJEtO - DEtAlhE DO CORtE DO tERREnO B B

  • PROJEtO - CORtE DO EDIFCIO A A

  • PROJEtO - CORtE DO EDIFCIO B B

  • PROJEtO - CORtE DO EDIFCIO C C

  • PROJEtO - CORtE DO EDIFCIO D D

  • EESquEmASARtICulO DE umA POSSIBIlIDADE DE PROGRAmA

  • PROJEtO - ESquEmA DE CORtE DO tERREnO A A

  • PROJEtO - ESquEmA DE CORtE DO tERREnO C C

  • PROJEtO - ESquEmA DE CORtE DO EDIFCIO A A

  • PROJEtO - ESquEmA DE CORtE DO EDIFCIO B B

  • PROJEtO - ESquEmA DE CORtE DO EDIFCIO C C

  • PROJEtO - ESquEmA DE CORtE DO EDIFCIO D D

  • PAv -1

    PAv t

    PAv 2

    PAv 1

    COBERtuRA

    EStRutuRA

    PAv 3

    PAv 3

    cotas 674 e 676

    cotaS 679 e 681

    cota 684

    cota 687

    cota 690

    cota 693

    CIRCULAO VERTICAL

  • ORDEnAOODInmICAS PRtICAS AES E uSOS DIvIDIDOS E lIGADOS PElA ARtICulAO DOS nIvEIS

  • -1PAvImEntOCOtAS 674 E 676

    PRtICA ESPORtIvA tEAtRO APRESEntAES COmRCIO

  • PROJEtO - RElAES EntRE DInmICAS DE AmBIEntES - PAvImEntO -2 E -1

  • PROJEtO - PlAntA E RElAO vOlumtRICA - PAvImEntO -2 E -1

  • PROJEtO - PlAntA E RElAO vOlumtRICA - PAvImEntO -2 E -1

  • PROJEtO - PlAntA E RElAO DE PROGRAmA - PAvImEntO -2 E -1

  • PROJEtO - PlAntA E RElAO DE PROGRAmA - PAvImEntO -2 E -1

  • PROJEtO - COnFIGuRAO DE AmBIEntES - PAvImEntO -2 E 1

    2

    1

    3

  • PROJEtO - COnFIGuRAO DE AmB