O PAPEL DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO · PDF file 2017-12-17 · 1.1 O...

Click here to load reader

  • date post

    27-Jul-2020
  • Category

    Documents

  • view

    1
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of O PAPEL DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO · PDF file 2017-12-17 · 1.1 O...

  • AJES – INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA

    CURSO DE PÓS GRADUAÇAO MOTRICIDADE HUMANA E RECREAÇÃO COM

    ENFASE EM EDUCAÇÃO INFANTIL

    O PAPEL DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL

    LAUDIR FIGUEIREDO AMARAL

    ORIENTADOR: PROF. ILSO FERNANDES DO CARMO

    ARAPUTANGA/2012

  • AJES – INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA

    CURSO DE PÓS GRADUAÇAO MOTRICIDADE HUMANA E RECREAÇÃO COM

    ENFASE EM EDUCAÇÃO INFANTIL

    O PAPEL DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL

    LAUDIR FIGUEIREDO AMARAL

    ORIENTADOR: PROF. ILSO FERNANDES DO CARMO

    “Trabalho apresentado como exigência parcial para a obtenção do título de pós graduação em Motricidade Humana e Recreação com Ênfase em Educação Infanfil.”

    ARAPUTANGA/2012

  • AGRADECIMENTOS

    A Deus, pela força espiritual para a realização desse trabalho.

    Aos meus pais, Valdemar e Maria.

    Ao meu esposo Alinor pela paciência e incentivo.

    Aos meus filhos Renan e Renato que me deram muito carinho e apoio.

    Aos professores que me ensinaram durante esse curso.

    Aos professores: Adilson, Dr.Ceomar e João Batista pela competência.

    Em especial ao orientador Ilso Fernandes do Carmo, pela dedicação.

    Aos amigos que compartilharam comigo estes momentos de aprendizado

    especialmente Josiane, Lucélia, Luiz Paulo e Maria.

  • DEDICATÓRIA

    Dedico este trabalho ao meu esposo Alinor e nossos

    filhos, que de muitas formas me incentivaram para

    que fosse possível a caracterização deste trabalho.

  • “Ao brincar, a criança assume papéis e aceita

    as regras próprias da brincadeira,

    executando, imaginariamente, tarefas para as

    quais ainda não está apta ou não sente como

    agradáveis na realidade”.

    (VYGOTSKY)

  • RESUMO

    Este relatório de pesquisa resulta de uma investigação produzida como

    Trabalho Final de Conclusão do Curso de Pós Graduação em Motricidade Humana e

    Recreação. Teve como tema central de estudo o papel do brincar na Educação

    Infantil, no município de Araputanga - MT. Por acreditar – se na vivência do lúdico na

    escola como instrumento pedagógico e na importância do brincar na construção do

    conhecimento da criança, é que se propôs essa investigação. Procurou-se investigar

    o papel do brincar nas aulas da Educação Infantil, da Escola Municipal Rodolfo

    Trechaud Curvo, município de Araputanga-MT. De forma específica analisou-se: os

    elementos da cultura lúdica infantil; a apropriação pedagógica do brincar pelo

    professor nas aulas; e os saberes aprendidos pelas crianças através do brincar.

    Para o desenvolvimento desta pesquisa, elegeu-se como lócus de investigação a

    Escola Municipal Rodolfo Trechaud Curvo, situada no município de Araputanga –

    MT. Os sujeitos da pesquisa foram: os professores da educação infantil, do período

    vespertino. Foi feita uma pesquisa do tipo etnográfica, de cunho qualitativo, por meio

    de questionário semi-estruturado com os professores. O brincar e suas

    manifestações podem ser tanto conteúdos como metodologias de trabalho do

    professor que precisa aprender a lidar com o corpo da criança. Por isso recomenda-

    se que as escolas utilizem atividades lúdicas através do brincar que estejam

    colaborando para o desenvolvimento e proporcionando conhecimentos por meio de

    brincadeiras.

    Palavras – chave: Brincar. Educação Infantil. Lúdico.

  • SUMÁRIO

    INTRODUÇÃO ................................................................................................ 07

    1. EMBASAMENTO TEÓRICO ............................................................................ 09

    1.1 O Brincar .................................................................................................. 09

    1.2 Cultura lúdica infantil: manifestações e influências ........................... 10

    1.3 As características e o papel do brinquedo na formação

    sócio-interativa da criança ........................................................................... 11

    1.4 Fases do desenvolvimento infantil e a presença do jogo ................... 15

    1.5 Jogo, brincadeira e brinquedo ............................................................... 17

    1.6 Brincadeiras tradicionais infantis.......................................................... 19

    1.6.1 Brincadeiras de construção ................................................................ 20

    1.6.2 A brincadeira de faz-de-conta ............................................................ 21

    2. O BRINCAR E A CULTURA ESCOLAR ......................................................... 22

    2.1 O brincar na escola ................................................................................. 22

    2.2 O jogo na educação escolar .................................................................. 24

    2.3 Aspectos utilitários do jogo na educação escolar ............................... 28

    3. METODOLOGIA DA PESQUISA ..................................................................... 30

    3.1 Tipo da pesquisa ..................................................................................... 30

    4. ANÁLISE DOS DADOS ................................................................................... 32

    CONCLUSÃO ...................................................................................................... 37

    5 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ................................................................. 38

  • INTRODUÇÃO

    Esta pesquisa de cunho monográfico destina-se a produção de trabalho de

    conclusão do curso de pós graduação latu sensu em motricidade humana e

    recreação, na Faculdade–AJES, no município de Araputanga – MT. Teve como tema

    central de investigação o papel do brincar na Educação Infantil.

    Inicialmente a pesquisa foi proposta e motivada por acreditar-se na

    importância e possibilidade de vivência do lúdico na escola como instrumento

    pedagógico que contribui para construção do conhecimento da criança.

    Ainda que o brincar aconteça, na maioria das vezes, no tempo de espera, no

    descanso, no tempo que sobra ou “entremeando atividades produtivas”. A mudança

    do discurso sinaliza o desejo de uma outra prática, que precisa ser colocado em

    lugar e tempo concretos e reais. Valorizar a brincadeira não é apenas permiti-la, é

    suscitá-la. E para que isso aconteça, precisamos perceber o brincar como ato de

    descoberta, de investigação, de criação.

    Apesar de saber que os professores têm conhecimento a respeito de

    aspectos e conceitos de brincadeiras, ainda há muita dificuldade de vincular tal

    conhecimento com as atividades pedagógicas.

    A brincadeira significa uma maneira de pensar e de agir. É na infância que

    as brincadeiras começam a desenvolver a capacidade cognitiva da criança, a trazer

    significados para sua aprendizagem e sua sociabilidade, pois enquanto brinca, seu

    conhecimento de mundo se expande formaliza suas idéias emoções de forma

    positiva ou negativa.

    A ampliação e a diversidade de experiências oferecida às crianças mais

    elementos para o seu processo de construção de conhecimento e para o

    desenvolvimento da sua imaginação e da sua capacidade criadora.

    Em função desses aspectos, o trabalho procurou responder as seguintes

    questões problemas: Qual o papel do brincar na formação do aluno da Educação

    Infantil. A pesquisa identificou que os jogos e as brincadeiras podem encontrar

    espaço na escola, sendo trabalhadas como recursos pedagógicos, a fim de tornar o

    processo de ensino-aprendizagem mais interativo, criativo e dinâmico. Para tanto, é

  • preciso que os professores busquem a formação necessária para trabalhar

    objetivamente com o lúdico. No primeiro capítulo retrata o brincar e a cultura lúdica

    suas manifestações através do brinquedo para construção de valores através dos

    jogos simbólicos. No segundo capítulo refere-se ao brincar na escola, identificar a

    importância e as contribuições para a aprendizagem da criança. O capítulo três

    apresenta a metodologia utilizada e o quarto analisa os dados obtidos.

    08

  • 1. EMBASAMENTO TEÓRICO

    1.1 O BRINCAR

    O brincar, segundo OLIVEIRA (2000), tem um papel fundamental, que

    contribui na construção da autonomia e na convivência autêntica da criança. A

    brincadeira é uma linguagem infantil que mantém um vínculo essencial com aquilo

    que é o“não - brincar” . Se a brincadeira é uma ação que ocorre no plano da

    imaginação isto implica que aquele que não brinca tenha o domínio da linguagem

    simbólica.

    OLIVEIRA (2000), aponta que brincar não significa apenas recrear, mas sim

    desenvolver-se integralmente.