Gerenciando Crises

download Gerenciando Crises

of 79

  • date post

    06-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    231
  • download

    5

Embed Size (px)

description

Como vejo a Crise

Transcript of Gerenciando Crises

  • Gilmar Luciano Santos

    Como vejo a Crise:gerenciamento de ocorrncias policiais de alta complexidade

  • Como vejo a Crise:

    gerenciamento de ocorrncias policiais

    de alta complexidade

    Gilmar Luciano Santos Capito da Polcia Militar de Minas Gerais

    Terceira Edio agosto 2008

    Para aquisio desta obra entre em contato com o autor pelo e-mail

    gilmarnegociador@yahoo.com.br ou pelo telefone (31) 9134-0280.

    Todos os direitos reservados

    Texto Gilmar Luciano Santos e Luis Carlos Lima

    Reviso e Produo Editorial Thassa Lacerda (Mtb MG 11200 JP) Francis Bossaert Gilmar Luciano Santos

    Colaborao Centro de Oratria Gilmar Luciano

    Editorao Grfica Probabilis Assessoria Ltda. / Francis Bossaert probabilis@probabilis.com.br

    Distribuio e Venda Diplomata Livros - luiz.livros@yahoo.com.br (31) 3072-3135 / (31) 9675-4773

    Impresso Formato Artes Grficas

  • FALANDO SOBRE O AUTOR

    F iquei muito envaidecido quando recebi o convite de Gilmar Luciano para escrever uma pequena nota preliminar ao livro que ele acaba de escrever sobre negociao e gerenciamento de crises.

    Preocupado com a qualidade dos meus alfarrbios, ponderei dizendo que

    no estava altura. Ele me retrucou dizendo que era uma coisa pessoal,

    no sobre o livro, mas sobre o autor. Fiquei mais tranqilo e no menos

    orgulhoso por caber a mim esta tarefa. Vamos a ela.

    O autor o primognito de quatro filhos, do motorista Jos Luciano e

    da professora primria Edna Santos. Seguem-se os irmos Marcelo,

    Emerson e Everton. Nascido em Bom Despacho (MG), sede do glorioso

    Machado de Prata, o 7 Batalho da Polcia Militar de Minas Gerais,

    unidade que combateu em duas revolues, deve ter recebido em seu

    sangue a tradio guerreira dessa brilhante unidade da Corporao do

    Alferes Tiradentes, pois ainda jovem j realiza o sonho de todo ser

    humano civilizado: ter um filho, plantar uma rvore e escrever um livro

    feito que espero realizar um dia, pois s falta o livro.

    Mudou-se com os pais, ainda beb, para Passos, no sul de Minas,

    terra natal da me Edna. L, cursou todas as sries em escolas pblicas,

    e sob a batuta firme da genitora deslanchava desde pequeno nas tarefas

    escolares. Ouvamos, distncia ou nas raras visitas que fazamos,

    relatos sobre os feitos do pequeno Gilmar na Igreja, na escola e na

    comunidade.

    Passaram-se os anos e aquele menino magro e espigado tornou-se

    rapaz feito, forte como um touro. Para orgulho de toda a famlia foi

    aprovado no Curso de Formao de Oficiais da Polcia Militar de Minas

    Gerais. Influncia dos tios, primos, e da presena forte da Corporao no

    Colgio Tiradentes de Passos.

  • Concludo o curso, o Aspirante Gilmar Luciano retornou a Passos

    para servir na no menos tradicional unidade do Sudoeste de Minas, o

    12 BPM. Oficial brilhante, destacou-se nas lides operacionais e

    administrativas. O esprito inquieto e empreendedor no o deixou

    acomodar-se. Retornou a Belo Horizonte, sendo pinado rapidamente

    para as unidades de misses especiais da PM, o Grupo de Aes Tticas

    Especiais (GATE) e o Comando de Policiamento Especializado,

    revelando-se brilhante negociador.

    Em BH uniu-se a Viviane, sendo brindados com o tesouro, xod do

    papai, Ana Lusa. Diante da pequena filha, o bravo Capito Gilmar

    transforma-se num dcil e meloso pajem, desmanchando-se em nhen-

    nhens.

    Mantendo esprito inquieto, sedento de novos horizontes, cursou

    Direito, tornando-se, rapidamente, brilhante professor de Direito Penal e

    Processo Penal. Do aprendizado dos tempos de locutor de rdio, na

    adolescncia, especializou-se na arte da oratria, ministrando palestras e

    cursos em todo o estado de Minas.

    A miscigenao de culturas, de famlias distantes, mesclou o carter

    de Gilmar Luciano. Dos ascendentes maternos e da me professora

    herdou o apego aos estudos, o hbito da leitura e a serenidade. Dos

    ascendentes paternos herdou a retido de carter, a firmeza de princpios

    e o esprito militar. Do pai herdou a brabeza, o no levar desaforo para

    casa, a camaradagem e o amor ao prximo.

    Parabns Gilmar, tenho imenso orgulho de dizer que sou seu tio. Que

    este livro seja o primeiro de muitos outros.

    Una, 15 de julho de 2008.

    Tenente Coronel Luciano

  • FALANDO SOBRE A OBRA

    A vida nos irmana de diferentes formas e em diversas situaes a

    pessoas que admiramos por seu conhecimento, desenvoltura e esprito

    solidrio.

    Acompanhei atuaes do Capito Gilmar em ocorrncia de alta

    complexidade pela imprensa e assistindo palestras suas, at que tive uma

    oportunidade concreta de contar com seu apoio.

    Em 2004, o Instituto Pauline Reichstul1 iniciou com os Maristas um

    programa piloto para capacitao e formao dos agentes de segurana

    socioeducativos que trabalham com adolescentes autores de atos

    infracionais. A grade de matrias e os planos de curso contaram com a

    experincia do Capito Gilmar.

    Instrutor desde a primeira turma, Capito Gilmar embreou conosco na

    tarefa de profissionalizar os agentes e a atuao nos centros de

    internao, contribuindo de maneira mpar para que a equipe do IPR

    dedicada formao de agentes se transformasse em referncia no

    Estado.

    O texto elaborado pelo Capito Gilmar revela o que faz dele um dos

    instrutores melhor avaliado em todas as turmas que leciona. Despido do

    rigor academicista, o autor alinhava aspectos tericos sua experincia

    prtica, abrindo para o leitor a possibilidade de se aprofundar em

    determinado assunto ou discutir no ambiente de trabalho os comentrios

    1 Associao sem fins lucrativos cuja misso contribuir para o desenvolvimento local integrado e sustentvel estimulando a participao de jovens em projetos e iniciativas que visem melhorar sua qualidade de vida e de sua comunidade.

    Para conhecer nosso trabalho acesse o site www.institutopauline.org.br.

  • e pontos de vista, alguns polmicos, propostos a partir do ttulo Como

    vejo a Crise: gerenciamento de ocorrncias policiais de alta

    complexidade.

    Ao leitor, o Capito Gilmar prope enxergar a crise por meio do seu

    conhecimento e experincia. E assim fazendo se desarma. Despe-se das

    verdades e tipos ideais e abre-se ao debate: assim, leitor, que voc

    (tambm) v a crise?

    Belo Horizonte, 27 de agosto de 2008.

    Mrian Assumpo e Lima

    Diretora Presidente do Instituto Pauline Reichstul

  • PALAVRA DE UM AMIGO

    T enho a satisfao de ter sido convidado para proceder a apresentao deste nobre amigo e valoroso companheiro. Desde os tempos de formao na Academia de Polcia Militar do Estado de

    Minas Gerais, ano de 1992, tenho a oportunidade de acompanhar a

    brilhante carreira do nosso autor, o Capito Gilmar Luciano Santos.

    Aps sua apresentao no Grupo de Aes Tticas Especiais (GATE)

    pude estreitar relaes profissionais com o Capito Gilmar, haja vista

    nossas inmeras intervenes em ocorrncias de alta complexidade.

    Sempre percebi sua preocupao em estar frente de seu tempo,

    instruindo-se e procurando emanar procedimentos policiais doutrinrios

    na conduo das diversas crises solucionadas pela Polcia Militar.

    Oficial dinmico, respeitado por seus comandantes e comandados,

    referncia dos professores militares facilitadores na transmisso de

    conhecimento nas unidades de ensino da Polcia Militar. H trs anos

    servindo no Gabinete Integrado de Segurana Pblica (GISP) posso

    atestar firmemente a presteza do Capito Gilmar atuando como

    coordenador estadual de proteo s autoridades. Inmeras foram as

    intervenes ponderadas e eficientes que resultaram na proteo da

    integridade fsica e moral de autoridades em diversos nveis.

    Quanto pessoa, no ser diferente meu comentrio, pois passamos

    a conviver amistosamente no seio familiar. Sempre que percebo nosso

    nobre autor referindo-se sua famlia, observo que a admirao e o

    respeito pelos seus e pelos valores familiares incontestvel. Tenho o

    prazer de conhecer e conviver com seus pais, irmos, esposa e sua

    adorvel filha, Ana Lusa. Digo, com certeza, que toda essa prestimosa

    famlia orgulha-se de ter em seu convvio este seu filho Gilmar.

  • No que diz respeito ao seu dom natural, a oratria, o Capito Gilmar

    sempre est preocupado em falar com entusiasmo, mostrando seu

    refinado conhecimento da linguagem.

    Certamente este novo empreendimento, no caminho da literatura, que

    de maneira mpar possibilita a facilitao do conhecimento visando firmar

    doutrina quanto ao gerenciamento de crise, ser, como tudo em sua vida,

    um sucesso.

    Belo Horizonte, 26 de agosto de 2008.

    Capito Glucio Porto Alves

  • AGRADECIMENTO

    A gradeo a Deus pelas oportunidades que tem me proporcionado e, em especial, minha esposa Viviane e minha filha Ana Lusa, que so as minhas fontes inspiradoras.

    No poderia me furtar de agradecer aos meus alunos da Academia

    de Polcia Militar, em todos os nveis, do Curso Tcnico de Formao de

    Soldado (CTSP) ao Curso Superior de Tecnologia em Segurana Pblica,

    bem como aos amigos do Instituto Pauline Reichstul pelo apoio e

    incentivo publicao desta obra.

    Gilmar Luciano Santos

  • SUMRIO

    INTRODUO ...................................................................................................... 15

    Origem histrica da polcia em Minas Gerais ........................