CRESCIMENTO DAS MACR“FITAS AQUTICAS FLUTUANTES

download CRESCIMENTO DAS MACR“FITAS AQUTICAS FLUTUANTES

of 66

  • date post

    08-Jan-2017
  • Category

    Documents

  • view

    213
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of CRESCIMENTO DAS MACR“FITAS AQUTICAS FLUTUANTES

CRESCIMENTO DAS MACRFITAS AQUTICAS FLUTUANTES

Pistia stratiotes E Salvinia molesta EM DIFERENTES CONDIES DE

TEMPERATURA E FOTOPERODO

LEONARDO FARAGE CANCIAN

Jaboticabal So Paulo 2007

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JLIO MESQUITA FILHO

Centro de Aqicultura - CAUNESP

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CENTRO DE AQUICULTURA

CAUNESP

CRESCIMENTO DAS MACRFITAS AQUTICAS FLUTUANTES

Pistia stratiotes E Salvinia molesta EM DIFERENTES CONDIES DE

TEMPERATURA E FOTOPERODO

LEONARDO FARAGE CANCIAN

ORIENTADOR: Prof. Dr. GUSTAVO HENRIQUE GONZAGA SILVA

CO-ORIENTADOR: Prof. Dr. ANTONIO FERNANDO MONTEIRO

CAMARGO

Dissertao apresentada ao Programa de Ps-graduao em Aqicultura, rea de Concentrao em Aqicultura em guas Continentais, como parte das exigncias para a obteno do ttulo de Mestre.

Jaboticabal So Paulo 2007

Faa de cada obstculo uma oportunidade, transforme tudo que negativo em alguma coisa positiva.

(Linda Armstrong)

Dedico este trabalho aos meus pais Antonio e Regina que sempre me deram apoio tanto nos bons momentos quanto nos momentos ruins. Graas a eles e custa de muito sacrifcio deles que pude chegar at aqui. E graas a eles que este trabalho se tornou possvel. Essa pra vocs!!

AGRADECIMENTOS

Um agradecimento todo especial aos meus pais Antonio e Regina, meu

irmo Giuliano e minha av Alexandrina por todo o carinho em todos esses anos

e pelo apoio em todos os momentos da minha vida, nos altos e baixos, sempre

me motivando e me incentivando a ir mais longe.

Ao Prof. Dr. Gustavo Henrique Gonzaga Silva pela amizade desde os anos

da graduao, pelo apoio e incentivo, que contriburam muito para o meu

crescimento profissional, e principalmente pela orientao neste trabalho.

Ao Prof. Dr. Antonio Fernando Monteiro Camargo, por ter participado

praticamente desde o incio da minha formao acadmica. Pela boa convivncia

e pela amizade em todos estes anos. Pelo incentivo em todas as etapas da

minha formao, meus sinceros agradecimentos.

Ao CNPq pela bolsa de mestrado concedida, que foi fundamental para a

realizao deste trabalho.

Ao Prof. Dr. Irineu Bianchini Jnior pela grande ajuda na anlise dos

dados e valiosas sugestes.

Ao Prof. Dr. Robinson Antonio Pitelli, por gentilmente oferecer a

estrutura do Laboratrio de Controle Biolgico da UNESP-Jaboticabal, que foi

fundamental para a realizao deste trabalho, pela receptividade e pelo

constante bom humor.

Aos funcionrios e estagirios do Laboratrio de Controle Biolgico de

Jaboticabal, pelo apoio logstico e pelas amizades que surgiram.

Ao tcnico do Laboratrio de Ecologia Aqutica, Carlos Fernando

Sanches, pela grande ajuda nas coletas em campo, pelas anlises no laboratrio,

pelo imenso bom humor em todos os momentos e pela grande amizade em todos

estes anos de convivncia.

Aos colegas membros e ex-membros do Laboratrio de Ecologia

Aqutica, Raquel, Cot, Z, Renata, Soraia, Maura, Ana, Amarlis, Malu... todos

vocs!! Pelos bons momentos juntos, pela divertida convivncia e pelas grandes

amizades.

Ao pessoal do Caunesp, em especial s turmas de 2005 e 2006 pela

amizade e pelos bons momentos que passamos juntos.

A Elis Winkaler, pessoa muito especial, pela grande amizade, pelos

momentos juntos e pelas conversas a noite na garagem ou no porto, valeu

mesmo querida!!!

Ao Charles Young Kim pela amizade, pelos eventos gastronmicos que no

foram poucos e por me salvar do tdio vrias e vrias vezes!

A Jaque, Gabi e Aike, por tudo que passamos juntos na facul, em

algum barzinho ou alguma balada, ou mesmo fazendo nada em casa, um

agradecimento todo especial!

A toda a galera da Ecologia por tudo!! No tem como no agradecer a

vocs!!!

Aos docentes e funcionrios do departamento de Ecologia, minha outra

casa, em especial Sueli, Marilene e Sandra, pela excelente convivncia e

pela grande amizade.

No poderia deixar de fazer um agradecimento todo especial s

moradoras e ex-moradors da Morada, em especial Jheynne, Ana e Carol e

Sara, por me acolherem nos inmeros bate-e-voltas para Rio Claro, pela

companhia, pelos montes de sushi, pela enorme amizade e por tudo que

passamos juntos, muito obrigado mesmo!!!

A Lye Otani, pela grande amizade e apoio. Pelo ombro amigo que foi to

importante tantas vezes. Por sempre me motivar e principalmente pelo

carinho... devo muito voc Ly.

s meninas da Margaritas, Gabi, Meire e Amira. Minha segunda casa em

Rio Claro pelo carinho, pela grande amizade e por tudo que temos passado

juntos. Por todos os momentos maravilhosos de convivncia s tenho a

agradecer!!!!

Um agradecimento muito especial Gabi, minha eterna companheira de

casa!! Pessoa incrvel com quem eu tive a honra e o privilgio de morar junto e

que de uma importncia enorme na minha vida. Pela mais sincera amizade, pelo

carinho, pela cumplicidade, pelas conversas e desabafos... no teria espao aqui

pra colocar tudo o que eu tenho pra te agradecer Gabito... de verdade. Muito

obrigado mesmo!! Por tudo!!

Na mesmo medida tenho que agradecer ao Lo Trevelin. Cara incrvel,

agora companheiro de casa. Pela gigantesca amizade que surgiu nesses sete

anos, pelas conversas, pelas discusses. Por todos esses anos de convivncia em

Rio Claro. Um grande irmo que ganhei aqui em Rio Claro... valeu mesmo cara!

A Soraia que agora alm de companheira de laboratrio tambm

companheira de casa. Pela amizade e divertida convivncia em casa. Muito

obrigado!

Ao pessoal do Triathlon, principalmente ao Marcelo bosshard, Rodrigo

Dantas, Renato Dantas e Ricardo Dantas, pelos treinos, pela amizade, pela

fora e constante incentivo e pelas valiosas dicas.

So tantas pessoas para agradecer que se fosse colocar tudo no papel

essa dissertao no teria fim. Podem ter certeza que mesmo que seus nomes

no estejam aqui no esqueci de vocs no. Todos vocs so muito importantes

para mim e podem ter certeza que carrego todos vocs comigo. S tenho a

agradecer... MUITO OBRIGADO GALERA!!!!

i

SUMRIO

Lista de figuras e tabelas.........................................................................................................ii

Resumo Geral........................................................................................................................01

Introduo Geral....................................................................................................................03

Referncias Bibliogrficas....................................................................................................13

Cpitulo 1. Crescimento da macrfita aqutica flutuante Pistia stratiotes em diferentes

condies de temperatura e fotoperodo...........................................................................20

Resumo..................................................................................................................................21

Introduo..............................................................................................................................22

Material e Mtodos................................................................................................................23

Resultados.............................................................................................................................26

Discusso...............................................................................................................................29

Agradecimentos.....................................................................................................................33

Referncias Bibliogrficas....................................................................................................33

Captulo 2. Crescimento da macrfita aqutica flutuante Salvinia molesta em

diferentes condies de temperatura e fotoperodo.........................................................39

Resumo..................................................................................................................................40

Introduo..............................................................................................................................41

Material e Mtodos................................................................................................................42

Resultados.............................................................................................................................44

Discusso...............................................................................................................................48

Agradecimentos.....................................................................................................................51

Referncias Bibliogrficas....................................................................................................51

ii

LISTA DE TABELAS E FIGURAS

Introduo Geral

Figura 1. Macrfita flutuante Salvinia molesta (a) e Pistia stratiotes (b); Cmaras

climticas utilizadas no experimento (c); unidades experimentais acondicionadas den