TGI I - Prancha

Click here to load reader

  • date post

    31-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    225
  • download

    0

Embed Size (px)

description

prancha de apresentação do projeto para a disciplina TGI I.

Transcript of TGI I - Prancha

  • TGI I_Projeto

    IAU USP - Trabalho de Graduao Integrado I __ Junho 2012 __ Camila Mariana GV Rocha

    Populao de Rua e Integrao Social:espaos de alimentao, formao e lazer

    A populao em situao de rua, assim como na maioria das cidades brasileiras, presente em Bauru. Dessa

    maneira, como poltica nacional, diversos programas buscam solues para atender a essa populao.

    A partir do ideia da relao com o usurio e o objeto arquitetnico e sua insero na paisagem cotidiana, sempre com

    a preocupao de atender as solicitaes e no afastar a populao local, foi selecionada uma rea prxima ao centro,

    prxima tambm da antiga estao ferroviria, uma regio apontada como de concentrao da populao de rua por

    uma pesquisa realizada pela prefeitura da cidade.

    Essa rea ser trabalhada com equipamentos que atendam no apenas aos moradores de rua, mas que pela sua

    localizao, inserida no percurso dirio de muitas pessoas, atenda tambm a populao do bairro e dos que passam

    pela regio e traga mais opes de atividades de convvio para a sociedade.

    J esto presentes na cidade alguns

    equipamentos voltados para o atendimento de

    pessoas em situao de vulnerabilidade. Com

    foco nos moradores de rua existem o Centro

    Pop (Centro de Referncia Especializado para

    Populao em Situao de Rua) e o Albergue

    Noturno, porm ainda h uma lacuna de

    atividades que promovam a reintegrao social

    dessas pessoas e que as estimulem a buscar

    melhores condies de vida.

    N

    Centro Popalbergueinterveno

    Lote

    Quadra

    Gleba

    corte AA

    corte BB

    Muitos que, por problemas financeiros, familiares, psicolgios, entre outros citados pelas pesquisas sobre populao de rua no Brasil, no tem uma residncia e

    cotidianamente caminham pela cidade em busca de abrigo, refeies e apoio, vagam pelas ruas em busca de suas atividades dirias. Esse caminhar forma um

    percurso que se torna intrnseco a rotina da maioria dessa populao.

    Partindo desse princpio do caminhar pela cidade e com o objetivo de atender e proporcionar atividades que atraiam essas pessoas ao convvio, trago para a minha

    interveno uma escala que convide ao passante quele espao.

    Busco elementos que compem a paisagem da cidade, como praas e largos, repenso esses espaos, de forma que no seja intimidadora, que convide ao estar e

    que tambm estimule s atividades internas aos edifcios, ao programa do projeto.

    processo - estudos e propostas de projetos

    Restaurante: 1- refeitrio 2- linha de distribuio 3- rea de coco 4- higienizao dos utenslios 5- nutricionista 6- devoluo das bandejas 7- depsito de lixo 8- rea de pr-preparo 9- cmara-fria 10- recepo e higienizao 11- administrao e controle

    12- depsito utenslios 13- despensa seca 14- depsito de caixas 15- depsito de limpeza 16- vestirio para funcionrios 17- sala de capacitao 18- bilheteria 19- higienizao das mos 20- banheiro para usurios

    Esporte e Lazer: 21- sala de ginstica e dana 22- sala de lutas 23- sala multiuso 24- guarda-volumes e depsito de materiais esportivos 25- vestirios

    Formao: 26- recepo 27- administrao 28- banheiros 29- sala de reunies 30- recepo e exposio

    PROGRAMA

    - Restaurante Popular

    - alimentao adequada com baixo custo

    - demanda da cidade

    - Esporte e lazer

    - atividades em reas internas e externas

    - atividades corporais para crianas e adultos

    (ginstica, dana, lutas e atividades com bola)

    - Formao - capacitao profissional

    - cursos que atendam a demanda da cidade

    - palestras e cursos para formao de cooperativas

    escala 1:500

    Page 1