Tarô dos Orixás

download Tarô dos Orixás

If you can't read please download the document

  • date post

    02-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    858
  • download

    64

Embed Size (px)

Transcript of Tarô dos Orixás

1 Tar dos Orixs Mago / Ossain

Originalmente, era dono dos segredos da magia da natureza, patrono dos mdicos sacerdotes que usam plantas para fins curativos e rituais. No Brasil, tornou -se protector do mundo vegetal. Ossain um mago. Cheio de esprito de aventura, autoconfiana, e fora de vontade, embrenhando-se na mata virgem a fim de examinar metodicamente seus recursos e aprender a us-los de acordo com seus objectivos. No violento nem impulsivo; o mestre da pacin cia e da resistncia passiva. Prefere ficar por trs dos bastidores, mas, se precisar aparecer, sabe encantar, pois esperto, capaz e comunicativo. No lhe importa muito o resultado final; o que o fascina o ato de agir, exercer o poder, reunir nas mos os recursos para fazer o que quer. Ele anuncia que est tudo pronto para tomar decises e assumir os riscos que o problema inclui, e que preciso agir logo.Tar dos Orixs Sacerdotisa / Nan

a dona da sabedoria mais antiga e oculta. Considerada a m ais velha das mes d gua, seu domnio a chuva que lavou tudo e se misturou terra, ao pntano, ao fundo lamacento onde os detritos afundam e se transformam na nova vida que brotar.

2

Nan a Sacerdotisa que, segura de sua experincia, sabe que agora no o momento de agir. Seu mundo a natureza e ela capaz de sentir quando o peso da realidade exterior bloqueia as possibilidades de concretizar suas intenes. Por isso, quando a realidade est obscura, ela se senta, recolhe suas lembranas, medita e estuda o caminho a seguir, enquanto protege seu ntimo contra possveis reaces negativas do exterior. Ela sente que guarda um grande poder que vem do passado, mas no consegue dirigi lo activamente; por isso, espera um milagre que esclarea a situao.Tar dos Orixs Imperatriz / Iemanj

a Grande Me, o Oceano que origina tudo. De seu ventre saram todos os orixs , de seus seios correm os rios que fertilizam a terra. Como toda matriarca, benevolente e preocupada com o bem-estar de todos, mas exerce uma autoridade sub-reptcia [1], mais pela astcia que pela fora. Iemanj a Imperatriz fecunda e resoluta, totalm ente aberta criatividade. Quando um dilema bloqueia o caminho, ela avalia com preciso todas as possibilidades, escolhe o melhor modo de usar seus recursos e resolve tudo de modo conciliador. Pode ser que ela ainda esteja meio confusa, com o excesso de elementos brotando ao mesmo tempo, mas o importante que as coisas comeam a tomar forma e as solues comeam a aparecer. Tudo est melhor arrumado, interna e externamente, para agir; mas se o esprito de luta se tornar gosto pelo poder, ela usar todos o s seus recursos para dominar em vez de produzir.[1] Sub-reptcio fraudulento 1. Feito s ocultas; furtivo. 2. Obtido por meio de sub-repo, ilicitamente;

3 Tar dos Orixs Imperador / Xang

um antigo orix do fogo celeste, visto pelos mortais como smbolo da justia divina, j que o raio atinge aquele que os deuses resolveram punir. Dono do raio e do trovo, sua manifestao concreta o meteorito, a pedra que cai do cu; por isso cultuado em pedreiras. Sendo o grande justiceiro, que governa a rectido, chamado o advogado dos pobres . Xang como o Imperador, aquele que, tendo agido correctamente, conseguiu realizar seu objectivo a conquista do seu reino. A multido de ideias e fatos que fervilhava antes foi seleccionada e organizada; agora tudo est se estruturando e funcionando, a realidade est sendo dominada pelo esforo pessoal e por apoios externos. Em breve, haver uma mudana para melhor, mas isso depender dos meios empregados: preciso avaliar tudo com justeza e aceitar as correes necessrias; a autoridade que no se apia na justia degenera em tirania.Tar dos Orixs Sacerdote / Oxal

o Grande Pai, o orix do cu, do sol, do ar e da luz. Resume em si vrio s deuses antigos; por isso, tem aspectos mais jovens e mais velhos. Casado com Nan e com Iemanj, o pai de todos os outros orixs.

4

Oxal, o Sacerdote, no usa nem a esperteza nem a fora fsica. Sua mensagem a de que hora de usar a sabedoria, de escutar e seguir o conselheiro, que pode ser a prpria conscincia ou um aliado que surge no exterior para ajudar. Seu mbito de realizao mais espiritual, pois se preocupa com o valor, do ponto de vista tico, dos resultados obtidos. Por isso, recomenda q ue, embora seja o momento de aproveitar as oportunidades, deve-se respeitar um sistema de valores morais. Mas no convm seguir cegamente uma lei; o melhor conselheiro no campo da tica a bondade.Tar dos Orixs Enamorado / Oxssi

provedor da famlia e da aldeia: como caador, domina as matas, mas governa sua explorao pelos humanos. Protege as plantas e os animais, s deixando que sejam mortos quando isso for necessrio. Como o Enamorado, Oxssi passou por situaes dbias, momento em que seu corao precisou fazer escolhas. Sente que no pode mais esperar por auxlio externo: chagada a hora de buscar foras dentro de si mesmo para assumir a responsabilidade pelas prprias decises e pelo resultado de seus actos. Suas motivaes e conflitos esto no campo afectivo. Como Oxssi, que lutou para fugir do domnio da me e conquistar a amada, preciso lucidez e coragem para romper com tudo que puxa para trs, levando em conta que nem sempre o caminho mais fcil d os melhores resultados, e que tudo que deixado para trs muito cedo dever ser retomado adiante.

5 Tar dos Orixs Carro / Ogum

Representa o fogo do interior da terra: a lava do vulco e a fornalha do ferreiro. um Orix ligado civilizao. Seu mundo o do ferro, do fogo e da tecnologia. Tanto o guerreiro como o cirurgio, o ferreiro e o mecnico esto sob sua proteco. Ogum, como o guerreiro triunfador do Carro, encontrou seu caminho e assumiu a direco de sua viagem. Seu prazer estar em movimento, lutando pelo que quer conquistar. Diz ele que agora tem completo domnio sobre os acontecimentos sua volta, abandonou as dvidas e no vai abrir mo do que quer. Tem uma meta definida e controla as foras sua disposio. Este o momento de conquistar seu lugar no mundo, de realizar sua grande viagem que tanto pode resultar na descoberta do desconhecido (interior ou exterior), como no retorno para casa aps todas as conquistas e provaes.Tar dos Orixs Justia / Ob

Rainha guerreira e justiceira, uma das esposas de Xang, a mais sofrida, por ser rejeitada por ele. Seu domnio na natureza as corredeiras, as guas revoltas; na personalidade, representa as emoes reprimidas e insatisfeitas, o sofrimento que d a sensibilidade para sintonizar com as vtimas de injustias. Ob, a Justia, diz que se a situao est difcil de organizar, hora de reflectir, avaliar o que foi feito at agora, cortar o que no serve e arrumar o que se mostra necessrio.

6

impossvel voltar irresponsabilidade de jogar as decises sobre ombros alheios ou de super estimar a prpria autoridade. A balana ao mesmo tempo discrimina e une as foras para criar o equilbrio dinmico; a espada no ser vingana, mas ao sacrifcio do que deve ser abandonado. Um esprito claro pode prever o conflito de modo a encontrar formas de equilibr -lo compensando perdas com ganhos bem aproveitados.Tar dos Orixs Eremita / Omolu

Um dos vodus daomeanos da famlia da Terra, filho de Nan e Oxal, Omolu (Obaluai) o orix das epidemias e da morte. Absorvido pela religio Iorub, sempre foi temido e respeitado, sendo um dos governantes dos mortos. Entretanto, tambm sabe curar, e por isso considerado o mdico dos pobres . Omolu o Eremita solitrio, introvertido, prudente e sbio. Pode curar os males dos que o procuram, mas pode empurrar para o exlio voluntrio da doena e da depresso quem ignorar o seu chamado ao exame interior. Sua mensagem que nada indiferente; precisamos levar em conta tanto a fora de nossos menores actos como o perigo dos menores obstculos. Ele diz que as solues esto no nosso interior. Se esbarrarmos num obstculo, ele recomenda que paremos para reavaliar nossos actos at encontrar uma sada. Sugere tambm que cultivemos nossa luz interior para identificar nosso Eu e descobrir o ritmo pessoal de aco e reflexo.

7 Tar dos Orixs Destino / If

um orix que no costuma ter representao no culto. a voz do destino e governa os jogos de adivinhao. If gira seu tabuleiro, que a Roda da Fortuna e que ele joga os bzios que desvendam o futuro. Mostra que nada existe sem seu oposto: o que sobe deve descer, o que desce deve subir, e s consegue aproveitar a estrada no alto quem mergulhou nas profundezas da sabedoria. Ele diz que o momento de grande agilidade, as coisas vm e vo levadas pela mar. Grandes mudanas se anunciam: o que est ruim deve melhorar, mas o que est bom pode piorar. O que antigo ser perdido, mas novos ganhos viro. Se a Roda parece encalhada ou se parece nos levar somente para baixo, bom se recolher ao centro imvel e olhar em volta a fim de ter uma viso global do processo. Assim, prevendo o giro da roda, podemos prevenir os acidentes da viagem e aproveitar os golpes de sorte. Quem se prende ao centro ou periferia da roda perde a perspectiva do todo e s percebe imobilidade ou confuso.

8 Tar dos Orixs Fora / Ians

a grande companheira de Xang, embora tenha tido vrios amantes. Orix dos ventos e das tempestades, violenta e impulsiva, a nica divindade que no tem medo dos mortos. Ians a Fora impulsiva e firme que, por experincia prpria diz que no convm se deixar engolir pelas emoes. As feras que habitam nosso interior no podem ser mortas pela represso nem deixadas solta. Ignorar sua existncia ou tentar fugir intil: a qualquer momento elas podem nos alcanar e destruir. Diz a Fora que o modo certo de lidar com o leo satisfazer suas necessidades e domestic-lo, para poder usar sua fora. Sua mensagem que, embora o momento exija que a pessoa se reprima, ela tem fora para resolver o problema e no vai desmoronar diante das dificuldades. Envolver-se directamente, usando a fora interior de forma prudente, o modo criativo de mudar a vida.Tar dos Orixs Dependurado / Lo