O sindico em revista Ed. mai/jun

Click here to load reader

  • date post

    30-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    216
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Editado há nove anos pela Lógica Comunicação Humana, o jornal “O Síndico”, única publicação editorial voltada para o segmento de condomínios de Juiz de Fora, a partir de 2014 se transforma na revista “O Síndico” com a proposta de seguir difundindo informação com credibilidade e qualidade sobre o setor, porém de forma mais ampla e com nova apresentação.

Transcript of O sindico em revista Ed. mai/jun

  • circule este exemplar no seu condomnio ou administradora

    ano 1 | n 02 | mai/jun 2014

    Condomnios-Clube: moradia, servios e lazer em um s lugar

    tiCket alimentao: funcionrios agora tm direito ao benefcio

    para-raios: manuteno garante segurana dos moradores

    separao do lixo: colabore para

    um condomnio mais limpo

  • Especializada em

    segurana eletrnica

    para condomnios,

    comrcio e indstria

    . Alarmes

    . Interfonia

    . Cmeras

    . CFTV

    . Antenas coletivas

    . Portes eletrnicos

    . Controle de acesso

    . Cancelas

    32 3235-9342 www.segmax jf.com.br

    Rede autorizada

    10 anos no mercado

    Mais de atendidos1.000 condomnios

    Av. Presidente Itamar Franco, 690. Centro - Juiz de Fora - MG segmax-seguranca@hotmail.com

  • Apenas dois meses se passaram e muitas novidades aconteceram desde a ltima edio de nossa revista.

    Umas das mais importantes refere-se obrigatorie-dade da concesso do benefcio do ticket alimentao/refeio a empregados em condomnios, deciso indita prevista na Conveno Coletiva dos Trabalhadores cele-brada este ano pelos sindicatos representantes. Para es-clarecer as principais dvidas que possam surgir, publi-

    camos uma matria sobre o assunto que voc confere nas pginas 4 e 5. Tambm atual o assunto da capa desta edio: a preocupao am-

    biental que deve ser uma constante em nossas vidas e o sndico, como lder natural, no deve deixar de lado a questo da destinao correta do lixo no condomnio, organizando a sua coleta, orientando e incenti-vando moradores e funcionrios para que todos colaborem em prol da preservao do planeta. Aes simples geram excelentes resultados!

    Com a matria sobre para-raios, que voc confere na pgina 10, pro-curamos apresentar a voc, sndico, os tipos de equipamentos dispo-nveis para proteo dos condomnios, assim como a necessidade de vistorias peridicas, tudo em uma linguagem acessvel e prtica. As-sim, voc ter melhores condies de avaliar a situao do seu prdio com relao ao sistema de proteo contra descargas eltricas, cada vez naus comuns em nossa cidade.

    Por fim, ressaltamos que nossa revista tambm tem por objetivo ser um guia comercial de empresas e profissionais prestadores de servios e fornecedores de produtos voltados para condomnios. Tudo isto para facilitar o seu trabalho, sndico, na hora de realizar oramentos e fechar negcios. Saiba mais sobre as novidades no mercado nos Informes Pu-blicitrios desta edio que trazem informao de qualidade e credibili-dade preparadas especialmente para voc.

    Gostaramos ainda de deixar registrado o nosso agradecimento a to-dos que se manifestaram por email em virtude da transformao do jornal O Sndico em revista. Estejam certos de que para ns, este incen-tivo muito importante, pois nos d a certeza de estarmos trilhando o caminho certo. Obrigado a todos e em breve teremos mais novidades!

    Uma boa leitura!

    andrea Castilhoeditora

    EDITORAAndrea Castilho

    DIRIGIDO ACondomnios residenciais, comerciais, horizontais, rurais, empresariais, administradoras, construtoras e shoppings

    PERIODICIDADEBimestral

    TIRAGEM4.000 exemplares

    PBLICO LEITOR DIRIGIDOSndicos, sub sndicos, conselheiros, zeladores, administradores e construtores

    CIRCULAOJuiz de Fora / Minas Gerais

    JORNALISTA RESPONSVELAndrea CastilhoMTB 5892logica@logicavirtual.com(32)8704-3246

    ESTAGIRIORafael Rodrigues

    COLABORADORESClaudia de Oliveira e SilvaJoaquim A. de Castilho Jos Maria Braz Pereira

    CONTATO PUBLICITRIOPaulo Cscio(32) 8897-6822contato2@logicavirtual.com

    PRODUO

    Rua Halfeld, 414 Sl. 710 CentroJuiz de Fora, MG CEP: 36010-900(32) 3212-3329logica@logicavirtual.comwww.sindicojf.com.br

    IMPRESSOGrfica Central

    A reproduo dos textos deste jornal requer autorizao prvia da editora, por escrito, estando os infratores sujeitos s penalidades legais.

    As matrias assinadas so de inteira responsabilidade de seus autores e no expressam, necessariamente, a opinio da revista.

    O SNDICO em revista no se responsabiliza pelos servios e produtos oferecidos pelos anunciantes.

    resduos precisam de coleta adequada 6

    rateio de despesas em condomnios mistos

    12 casa das bombas a soluo

    16conhea a nr-35 sobre trabalhos em altura

    15

    as violncias dentro e fora do condomnio3

    expe

    die

    nte

    uma revista atualsu

    mr

    ioed

    ito

    rial

  • 2 o sndico em revista - mai/jun 2014

    ind

    icad

    ore

    s

    Obrigaes

    > Admisso/Demisso (CAGED) comunicar ao Ministrio do Trabalho at o dia 05 do ms subsequente> Recolhimento do INSS at o dia 20 do ms subsequente> Recolhimento do FGTS 8% sobre a Folha de Pagamento, at o dia 7 do ms seguinte.> Recolhimento do PIS 1% sobre a Folha de Pagamento, at o dia 24 do ms subsequente. > Recolhimento do ISS (Imposto sobre Servios Prestados) 5% sobre as notas fiscais, at o dia 5 do ms subsequente.

    PisO saLariaL DOs eMPregaDOs eM cOnDOMniOs(vlido at 31/12/2014) - Sindicato dos Empregados em Edifcios de Juiz de Fora - SINDEDIF Database janeiro de cada ano> Empregados em condomnios residenciais ...........................R$ 806,04> Empregados em condomnios comerciais ............................R$ 853,66

    > Adicional noturno 25%

    > Horas extras 75%

    > Ticket alimentao R$ 80,00/ms

    At R$ 1.317,07 8De R$ 1.317,08 at R$ 2.195,12 9De R$ 2.195,13 at R$ 4.390,24 11

    Pagamento at o dia 20 do ms subsequente ao de competncia. No havendo expediente bancrio, antecipa para o primeiro dia til anterior.

    cOnTribUiO sOciaL (inss)

    Empregados e trabalhadores avulsos

    Salrio de Contribuio (R$) INSS (%)

    Tabela a ser aplicada para recolhimento a partir de 01/01/2014

    PisO saLariaL DOs eMPregaDOs eM cOnserVaDOras (vlido at 31/12/2014) Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio e Conservao e Limpeza Urbana de Juiz de Fora SINTEAC

    Database janeiro de cada ano> Ascensorista e cabineiro (6 horas) .....................................R$ 902,69> Faxineiro/Servios gerais ...................................................R$ 773,82> Garagista.............................................................................R$ 911,21> Porteiro/vigia........................................................................R$ 843,70> Zelador.................................................................................R$ 911,21

    > Adicional noturno 20%

    > Horas extras 60%

    > Ticket alimentao R$ 9,00/

    dia trabalhado

  • Falando de condomnio

    Transferidos os elogios ao primeiro nmero da REVISTA, parabenizo a jor-nalista (editora) Andrea Castilho pelo brilhante trabalho com o novo empre-endimento O SNDICO em revista, que sem dvida um sucesso. Agradeo aos que aprovaram o novo esquema de nossa modesta coluna, e como as su-gestes de assuntos tm um nmero expressivo, vamos buscar a atender a todos.

    VIOLNCIA: Precisamos ver a violn-cia sob dois aspectos: VIOLNCIA EX-TERNA (RUA) que de responsabili-dade dos poderes pblicos Municipal, Estadual e Federal. Nos condomnios, preciso ter porteiros treinados de for-ma continuada e realizar parceria com os condomnios vizinhos aderindo ao projeto da Polcia Militar VIZINHAN-A SOLIDRIA. Neste, os porteiros comunicariam-se entre si, sempre que notarem algo anormal nas redondezas, acionando a Polcia para averiguao. Outro ponto a VIOLNCIA INTER-NA, que se caracteriza em diversos atos praticados dentro do condomnio como uso abusivo de poder; inadimplncia; barulho; uso inadequado de rea co-mum; ausncia nas assembleias; uso excessivo de procuraes; intolerncia e outras tantas mais. Estamos comentando esses fatos, para que nos permitam discutir como os sndicos podem agir nas mais diver-sas ocasies, levando-os a usarem sua liderana de forma humana e eficaz na soluo dos problemas. Em primeiro lugar, o Sndico deve ser tico e coerente. Mesmo que outras pessoas no percebam, muitas vezes ele tem o vcio de dar desculpas usan-do de justificativas, quando deixa de fazer algo por medo, comodidade ou falta de senso de prioridade. Desta for-ma, no assume a verdadeira razo de sua ineficincia perante os outros e a si mesmo. Daniel Goleman, autor do festejado livro INTELIGNCIA EMOCIONAL, lanou em outubro de 2013, o livro

    FOCUS que nos ensina trs focos es-senciais que um lder deve ter:

    FOCO INTERNO O lder precisa pres-tar ateno nos seus sentimentos in-ternos, acreditar nos sentimentos no racionais. Perceber a sensao estra-nha que se sente quando alguma coisa no vai dar certo naquele negcio ou deciso. Os grandes lderes conhecem, obedecem e respeitam essas reaes internas.

    FOCO DA EMPATIA O lder deve aprender a se colocar no lugar das outras pessoas praticando trs tipos de empatia: a) EMPATIA COGNITIVA - quando o lder procura entender as razes e argumentaes das pessoas, dialogando com elas e buscando a com-preenso racional da situao; b) EM-PATIA EMOCIONALquando o lder pro-cura entender como as pessoas esto se sentindo em determinada situao e qual o papel das emoes como influ-ncia; c) EMPATIA DE SERVIR - quan-do o lder demonstra s pessoas que est disposto a ajud-las a solucionar os problemas, demonstrando lealdade e confiana.

    FOCO EXTERNO O lder precisa en-tender o sistema no qual est inserido. Deve conhecer os anseios, desejos, vi-so e necessidades, bem como o que seu condomnio precisa em termos globais (qual a situao atual do pr-dio relativa manuteno, segurana, treinamento de pessoal, etc.), e preci-sa aprender a trabalhar com essa viso sistmica. O Sndico, para ser um LDER EFI-CAZ, precisa prestar muita ateno nesses trs focos durante sua gesto e desenvolver conhecimentos sobre: PLANEJAMENTO, ORGA