MISSAL (pdf)

download MISSAL (pdf)

of 56

  • date post

    07-Jan-2017
  • Category

    Documents

  • view

    251
  • download

    3

Embed Size (px)

Transcript of MISSAL (pdf)

  • MISSAL

    capa Missal.indd 1 20/07/16 18:11

  • QUARTA-FEIRA 27 de Julho

    Tema da catequese: Este o tempo da Misericrdia!

    M I S SA VOTIVA DA M I S E RI C R D IA D E D EU SOrao Eucarstica V-C

    - Ef. 2, 4-10- Sal. 135 (136)

    R/ eterna a sua misericrdia. Jo. 8, 1-11

  • 5

    Ritos iniciaisEm nome do Pai e do Filho e do Esprito Santo.R/ Amen.

    Depois, o sacerdote, abrindo os braos, sada o povo, dizendo:A graa de Nosso Senhor Jesus Cristo,o amor do Paie a comunho do Esprito Santoestejam convosco.

    R/ Bendito seja Deus, que nos reuniu no amor de Cristo.

    Acto Penitencial

    O sacerdote convida os fiis ao acto penitencial com estas palavras ou outras se-melhantes:Irmos:Para celebrarmos dignamente os santos mistrios,reconheamos que somos pecadores.

    Guardam-se alguns momentos de silncio.Seguidamente, o sacerdote introduz a confisso com estas palavras ou outrassemelhantes:Confessemos os nossos pecados.

    E dizem todos juntos a confisso:Confesso a Deus todo-poderosoe a vs, irmos,que pequei muitas vezespor pensamentos e palavras, actos e omisses,

    e, batendo no peito, dizem:por minha culpa, minha to grande culpa.

    e continuam:

    QUARTA-FEIRA 27 DE JULHO

  • 6

    E peo Virgem Maria,aos Anjos e Santos,e a vs, irmos,que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor.

    Segue-se a absolvio do sacerdote:Deus todo-poderoso tenha compaixo de ns,perdoe os nossos pecadose nos conduza vida eterna.

    O povo responde:Amen.

    Ou Irmos:Para celebrarmos dignamente os santos mistrios,reconheamos que somos pecadores.

    Guardam-se alguns momentos de silncio. Seguidamente, o sacerdote, ou umministro idneo, diz ou canta as seguintes invocaes ou outras semelhantes:Senhor, que fostes enviado pelo Paia salvar os coraes atribulados,Senhor, misericrdia. Ou Krie, elison.Ou Senhor, tende piedade de ns.

    O povo responde:Senhor, misericrdia. Ou Krie, elison.Ou Senhor, tende piedade de ns.

    O sacerdote continua:Cristo, que viestes chamar os pecadores,Cristo, misericrdia. Ou Christe, elison.Ou Cristo, tende piedade de ns.

    O povo responde:Cristo, misericrdia. Ou Christe, elison.Ou Cristo, tende piedade de ns.

    QUARTA-FEIRA 27 DE JULHO

  • 7

    De novo, o sacerdote diz:Senhor, que estais direita do Pai a interceder por ns,Senhor, misericrdia. Ou Krie, elison.Ou Senhor, tende piedade de ns.

    O povo responde:Senhor, misericrdia. Ou Krie, elison.Ou Senhor, tende piedade de ns.

    Segue-se a absolvio do sacerdote:Deus todo-poderoso tenha compaixo de ns,perdoe os nossos pecadose nos conduza vida eterna.

    O povo responde:Amen.

    Orao colectaSenhor, nosso Deus,fonte inesgotvel de misericrdia e tesouro infinito de bondade,aumentai a f do povo a Vs consagrado,para que todos compreendam o mistrio admirveldo amor com que foram criados,do sangue com que foram redimidose do Esprito com que foram renovados.Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,que Deus convosco na unidade do Esprito Santo.

    Orao Universal Irms e irmos carssimos:Peamos ao Senhor, nosso Deus,que faa chegar a toda a humanidadea gua que jorrou do corao de Cristo,dizendo (ou: cantando), com humildade:R. Senhor, ns temos confiana em Vs.

    QUARTA-FEIRA 27 DE JULHO

  • 8

    1. Pelas nossas Dioceses, suas parquias e fiis,para que aceitem perder a prpria vida, semelhana de Cristo, que Se entregou por ns,oremos.

    2. Por este mundo de discrdia e violncia,para que as armas de guerra e de mortese transformem em instrumentos de amizade,oremos.

    3. Pelos que tratam dos doentes profundos,para que o faam com dedicao e amore os ajudem a renascer para a esperana,oremos.

    4. Pelos catecmenos das nossas comunidades,para que o modo como vivem os fiisos ajude a descobrir a luz de Cristo,oremos.

    5. Por todos ns aqui reunidos neste dia,para que a nossa sede de Deusseja um dia plenamente saciada,oremos.

    Senhor, Deus omnipotente,que nos ensinastes, pela boca de Jesus,que no fazeis acepo de pessoas,levai-nos a crescer na unidadee a respeitar em cada ser humano a vossa imagem.Por Cristo Senhor nosso.R/ Amen.

    QUARTA-FEIRA 27 DE JULHO

  • 9

    LITURGIA EUCARSTICA

    O sacerdote, junto do altar, toma a patena com o po e, elevando-a um poucoacima do altar, diz em silncio:Bendito sejais, Senhor, Deus do universo,pelo po que recebemos da vossa bondade,fruto da terra e do trabalho do homem,que hoje Vos apresentamose que para ns se vai tornar Po da vida.

    Em seguida, depe a patena com o po sobre o corporal.Se no houver cntico do ofertrio, o sacerdote pode proferir estas palavras emvoz alta. No fim o povo pode aclamar:Bendito seja Deus para sempre.

    O dicono ou o sacerdote deita vinho e um pouco de gua no clice, dizendoem silncio:Pelo mistrio desta gua e deste vinhosejamos participantes da divindadedAquele que assumiu a nossa humanidade.

    Em seguida, o sacerdote toma o clice e, elevando-o um pouco acima do altar,diz em silncio:Bendito sejais, Senhor, Deus do universo,pelo vinho que recebemos da vossa bondade,fruto da videira e do trabalho do homem,que hoje Vos apresentamose que para ns se vai tornar Vinho da salvao.

    Em seguida, depe o clice sobre o corporal.Se no houver cntico do ofertrio, o sacerdote pode proferir estas palavras emvoz alta. No fim o povo pode aclamar:Bendito seja Deus para sempre.

    A seguir, o sacerdote inclina-se e diz em silncio:De corao humilhado e contrito

    QUARTA-FEIRA 27 DE JULHO

  • 10

    sejamos recebidos por Vs, Senhor.Assim o nosso sacrifcioseja agradvel a vossos olhos.

    Depois, eventualmente, incensa as oblatas e o altar.A seguir, o dicono ou o ministro incensa o sacerdote e o povo.Em seguida, o sacerdote, estando ao lado do altar, lava as mos, dizendo em si-lncio:Lavai-me, Senhor, da minha iniquidadee purificai-me do meu pecado.

    Depois, estando ao meio do altar e, voltado para o povo, abrindo e juntando asmos, diz:Orai, irmos,para que o meu e vosso sacrifcioseja aceite por Deus Pai todo-poderoso.

    O povo responde:Receba o Senhor por tuas mos este sacrifcio,para glria do seu nome,para nosso beme de toda a santa Igreja.

    Orao sobre as oblatasAceitai benignamente, Senhor, as nossas ofertase transformai-as em sacramento de redeno,memorial da morte e ressurreio do vosso Filho,para que, pela virtude deste sacrifcio,animados constantemente pela confiana em Jesus Cristo, alcancemos a vida eterna.Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,que Deus convosco na unidade do Esprito Santo.R/ Amen.

    QUARTA-FEIRA 27 DE JULHO

  • 11

    Orao EucarsticaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele est no meio de ns.

    V. Coraes ao alto.R. O nosso corao est em Deus.

    V. Dmos graas ao Senhor nosso Deus.R. nosso dever, nossa salvao.

    Pai santo, Senhor do cu e da terra, verdadeiramente nosso dever, nossa salvaodar-Vos graas, sempre e em toda a parte,por Cristo, nosso Senhor.Pelo vosso Verbo criastes o mundoe tudo governais com justia.Feito homem, Vs no-lo destes como mediador,para nos anunciar as vossas palavrase chamar-nos a seguir os seus passos.

    Ele o caminho que nos conduz at Vs, a verdade que nos liberta, a vida que nos enche de alegria.

    Por meio do vosso Filho,reunis numa s famlia todos os homensque criastes para glria do vosso nome,resgatados com o sangue da sua cruze marcados com o sinal do Esprito Santo.Por isso, agora e para sempre,com todos os Anjos proclamamos a vossa glria,cantando com alegria:

    Santo, Santo, Santo,Senhor Deus do Universo.O cu e a terra proclamam a vossa glria.

    QUARTA-FEIRA 27 DE JULHO

  • 12

    Hossana nas alturas.Bendito O que vem em nome do Senhor.Hossana nas alturas.

    2. O sacerdote, de braos abertos, diz:Sois verdadeiramente Santo e digno de glria,Deus, amigo dos homens,que sempre os acompanhais no seu caminho.Verdadeiramente bendito o vosso Filho,que est presente no meio de nsquando nos reunimos no seu amore, como outrora aos discpulos de Emas,Ele nos explica o sentido da Escriturae nos reparte o po da vida.

    3. Com as mos juntas e estendidas sobre as oblatas, diz:Ns Vos suplicamos, Pai clementssimo:enviai o vosso Esprito Santo,para que santifique este po e este vinho,

    junta as mos e traa uma vez o sinal da cruz sobre o po e o clice, dizendo:de modo que se convertam para nsno Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.

    4. Nas frmulas seguintes, as palavras do Senhor so proferidas de modo distintoe claro, como o exige a natureza dessas palavras.Na vspera da sua paixo, durante a ltima Ceia,

    toma o po e, sustentando-o um pouco elevado sobre o altar, continua:tomou o po, abenoou-o, partiu-oe deu-o aos seus discpulos, dizendo:

    inclina-se um poucoTomai, todos, e comei:isto o meu Corpoque ser entregue por vs.

    QUARTA-FEIRA 27 DE JULHO

  • 13

    Mostra ao povo a hstia consagrada, coloca-a sobre a patena e genuflecte emadorao.Depois continua:De igual modo, depois da Ceia,toma o clice e, sustentando-o um pouco elevado sobre o altar, continua:tomou o clicee, dando graas, deu-o aos seus discpulos, dizendo:

    inclina-se um poucoTomai, todos, e bebei:este o clice do meu Sangue,o Sangue da nova e eterna aliana,que ser derramado por vs e por muitos,para remisso dos pecados.Fazei isto em memria de Mim.

    Mostra ao povo o clice, coloca-o sobre o corporal e genuflecte em adorao.Em seguida diz:Mistrio da f!

    O povo aclama dizendo:Anunciamos, Senhor, a vossa morte,proclamamos a vossa ressurreio.Vinde, Senhor Jesus!

    Depois o sacerdote, de braos abertos, diz:Pai santo,celebrando o memorial de Cristo, vosso Filho, nosso Salvador,que pela sua paixo e morte na cruzfizestes entrar na glria da ressurreioe glorificastes, sentando-O vossa direita,anunciamos a obra do vosso amor,enquanto esperamos a sua vinda gloriosa,e Vos oferecemos o po da vida e o clice