HELOISA MARIA OTTONI - ridi.ibict. Maria Ottoni...¢  universidade federal do rio de...

Click here to load reader

download HELOISA MARIA OTTONI - ridi.ibict. Maria Ottoni...¢  universidade federal do rio de janeiro - ufrj escola

of 218

  • date post

    19-Sep-2019
  • Category

    Documents

  • view

    1
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of HELOISA MARIA OTTONI - ridi.ibict. Maria Ottoni...¢  universidade federal do rio de...

  • HELOISA MARIA OTTONI

    A Inovação no universo do conhecimento

    em Ciência e Tecnologia: um recorte na Física Experimental e Aplicada

    Tese de doutorado

    Março de 2016

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ

    ESCOLA DE COMUNICAÇÃO – ECO

    INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA -IBICT PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA – PPGCI

    HELOISA MARIA OTTONI

    A INOVAÇÃO NO UNIVERSO DO CONHECIMENTO

    EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA:

    UM RECORTE NA FÍSICA EXPERIMENTAL E APLICADA

    RIO DE JANEIRO 2016

  • Heloisa Maria Ottoni

    A INOVAÇÃO NO UNIVERSO DO CONHECIMENTO

    EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA:

    UM RECORTE NA FÍSICA EXPERIMENTAL E APLICADA

    Tese de Doutorado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, convênio entre o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e a Universidade Federal do Rio de Janeiro/Escola de Comunicação, como requisito para a obtenção do grau de doutor em Ciência da Informação.

    Orientadora: Rosali Fernandez de Souza

    Rio de Janeiro

    2016

  • O91 Ottoni, Heloisa Maria

    A Inovação no universo do conhecimento em Ciência e Tecnologia: um recorte na Física Experimental e Aplicada / Heloisa Maria Ottoni. - Rio de Janeiro, 2016.

    216 f. : il.

    Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Programa de Pós- graduação em Ciência da Informação. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Comunicação, Rio de Janeiro, 2016

    Orientadora: Rosali Fernandez de Souza.

    1.Inovação. 2 . Ciência e Tecnologia. 3. Ciência da Informação. 4. Organização do conhecimento. 3. Física. I. Souza, Rosali Fernandes de (Orient.). II. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Comunicação. III. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. IV. Título.

    CDD 506.8

  • Heloisa Maria Ottoni

    A INOVAÇÃO NO UNIVERSO DO CONHECIMENTO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA:

    UM RECORTE NA FÍSICA EXPERIMENTAL E APLICADA

    Tese de Doutorado apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Ciência da Informação, convênio entre o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e a Universidade Federal do Rio de Janeiro/Escola de Comunicação, como requisito para a obtenção do grau de doutor em Ciência da Informação.

    Aprovada em: 30 de março de 2016.

    Profa. Dra. Rosali Fernandez de Souza (Orientadora)

    PPGCI/IBICT – ECO/UFRJ

    _____________________________________ Profa. Dra. Lena Vania Ribeiro Pinheiro

    PPGCI/IBICT – ECO/UFRJ

    _______________________________________ Prof. Dr. Jorge Calmon de Almeida Biolchini

    PPGCI/IBICT – ECO/UFRJ

    ________________________________________ Profa. Dra. Maria Simone de Menezes Alencar

    UNIRIO

    _________________________________________ Prof. Dr. Ronald Cintra Shellard

    CBPF

  • DEDICATÓRIA

    À Oduvaldo, Lucas e Tomas

    pela paciência que tiveram comigo e pelo apoio que me deram

    no percurso deste trabalho.

  • AGRADECIMENTO

    À professora Gilda Maria Braga eu tenho um agradecimento de coração. Foi ela que me

    deu a coragem e a motivação de enfrentar um concurso de doutorado, percorrendo este caminho

    que concluo com a tese. Uma grande amiga, a quem muito devo!

    E sem o apoio e o conhecimento sábios da Professora Rosali Fernandez de Souza,

    minha satisfação com o curso de doutorado em Ciência da Informação no IBICT não seria tão

    intenso o quanto foi. Muito aprendi nas suas aulas e nos momentos preciosos de orientação.

    Além de profissional exemplar, ela também é uma pessoa acolhedora, amiga e solidária, com

    quem me sinto feliz e honrada em estar convivendo. Ela esteve presente desde as primeiras

    letras de concepção do projeto de doutorado, no acompanhamento do curso e na superação de

    muitas barreiras surgidas na construção deste conteúdo. Ela foi o meu estandarte e minha

    primeira fonte de inspiração. Conseguiu relevar meus deslizes e sabiamente soube lidar com

    minhas impaciências e angústias científicas.

    Trabalhar na biblioteca de numa Instituição como Centro Brasileiro de Pesquisas

    Físicas-CBPF é fonte de inspiração para agradecer. Agradecer pelo convívio constante com

    profissionais pesquisadores desta Casa, que sem perceberem, a cada novo projeto de pesquisa

    desenvolvido, foram minhas fontes de motivação, de curiosidade científica e de prazer em atuar

    com a pesquisa. Especialmente Ronald Shellard e Marcelo Albuquerque, eles podem nem ter a

    noção do quanto colaboraram comigo na construção do conteúdo deste estudo.

    No ambiente da Coordenação de Documentação e Informação Científicas do CBPF tive

    grandes parceiros, aliás, todos foram parceiros na elaboração desta tese, mas especialmente,

    Luzia Pereira do Amaral, Luiz Henrique Silva Souza, Aline Correa Dantas, Valéria Fortaleza

    Gomes, Marcelo Magalhães, Arthur Maciel, Alfredo Ozório, Raul Vallejos.

    E o IBICT é uma Casa, uma escola especial, as salas de aula foram ambientes ímpares

    de trocas e ampliação de conhecimentos. Foi um privilégio conviver com tantos profissionais e

    aprender. Agradeço aos professores, Lena Vânia Ribeiro Pinherio, Jorge Calmon Biolchini,

    Jaqueline Leta , Liz-Rejane Issberner, Sarita Albagli e a todo o corpo de professores do

    IBICT. A nossa Secretária Janete Dezidério, um especial agradecimento pela sua boa vontade e

    apoio que me proporcionou durante todo o curso.

    A minha família e meus amigos que conviveram pacientemente com minhas negativas a

    convites de nos encontrarmos, e que eu não ia por estar estudando ou pesquisando.

    A todos, MUITO OBRIGADA!

  • O mistério é a fonte da arte verdadeira e de toda a ciência. Isso mostra a complexidade que deve ter qualquer planejamento científico,

    qualquer discussão sobre o papel da ciência na Inovação, porque no fazer da ciência o que conta é a paixão, é a curiosidade.

    Isso está entrelaçado com a Inovação.

    Luiz Davidovich Diretor da Academia Brasileira de Ciências

    (ABC) Professor Titular do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro

    (UFRJ

  • OTTONI, Heloisa Maria. A Inovação no universo do conhecimento em Ciência e Tecnologia: um recorte na Física Experimental e Aplicada. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – PPGCI/IBICT, ECO/UFRJ. Rio de Janeiro, 2016.

    RESUMO

    Investiga a Inovação como um domínio de conhecimento em Ciência e Tecnologia, buscando identificar e sistematizar a evolução de conceitos, cenários, tipologias da Inovação e tendências de aplicação. Apresenta características de ambientes inovadores com base na literatura nacional e internacional. Destaca aspectos teóricos convergentes entre a Ciência da Informação e a Inovação, segundo o ponto de vista de especialistas brasileiros e estrangeiros. Descreve ambientes produtivos em Ciência Tecnologia e Inovação, tendo como referencial a atuação do MCTI, seus programas, fundos de fomento, com destaque ao fomento não reembolsável e instrumentos de gestão ofertados pelo MCTI na atualidade para estimular processos de Inovação no país. Descreve também o desenvolvimento da Inovação Tecnológica aplicada à Física nacional e internacional, tendo com referência a atuação de três empreendimentos institucionais. Estes empreendimentos são: o Núcleo de Inovação Tecnológica do Rio de Janeiro (NIT-Rio) e da Rede Nacional de Física de Altas Energias (RENAFAE), ambos instalados no Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), e a European Network for Light Ion Hadron Therapy (ENLIGHT), rede patrocinada pela União Europeia em parceria intercontinental para desenvolver Inovação em Física Médica. A conclusão do estudo é que a diversidade terminológica e a falta de padronização conceitual sobre a Inovação entre os especialistas dificultam o desenvolvimento de pesquisas sobre o tema. Conclui-se também que há uma correlação teórica entre o domínio da Inovação e o campo científico da Ciência da Informação, sobre aspectos de organização e gestão da informação e do conhecimento; e que há interferência do fenômeno da complexidade nos dois ambientes, associada à multi/interdisciplinaridade e à responsabilidade social. Estes aspectos de correlação e interferência são confirmados na prática da Inovação Tecnológica na atualidade nos projetos de Física nacional e internacional, caracterizando que as Ciências experimental e aplicada promovem Inovação. Palavras chave: Inovação; Ciência da Informação; Ciência e Tecnologia; Física.

  • OTTONI, Heloisa Maria. A Inovação no universo do conhecimento em Ciênc