Glúten - Revista SA · PDF file É tratada coma ausência total de alimentos...

Click here to load reader

  • date post

    20-Apr-2020
  • Category

    Documents

  • view

    2
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Glúten - Revista SA · PDF file É tratada coma ausência total de alimentos...

  • Muitos brasileiros não sabem que são intolerantes ao glúten por falta de conhecimento dos sinto- mas, fato preocupante, uma vez que a doença precisa de acom- panhamento durante a vida toda. No entanto, um número crescente de pesquisas indica que muitas pessoas podem estar sofrendo de Sensibilidade ao Glúten Não Ce- líaca (SGNC) ou Doença Celíaca. No caso da SGNC, é como se o glúten não fosse bem aceito pelo

    organismo, mas sem que isto leve a um impacto orgânico; não há um componente imunológico bem de- finido. A SGNC define-se como as alterações gastrointestinais causa- das pelo glúten, mas sem a relação com alguma resposta imunológica, sem distúrbios nutricionais asso- ciados, e sem alterações de anti- corpos ligados à ingestão desta proteína. Na Doença Celíaca há uma reação autoimune bem defini- da, onde as células de defesa do

    organismo atacam o próprio intes- tino causando inflamação crônica na mucosa do intestino delgado, prejudicando a absorção, isto gera a perda da integridade deste ór- gão, com o consequente prejuízo na absorção de algumas vitami- nas e minerais. Desta forma, há um prejuízo orgânico enorme. O glúten está presente em alimentos como malte, centeio, trigo, cevada e aveia. Exemplo: pão, macarrão, cerveja, etc.

    Sensibilidade ao Glúten não Celíaca Dor no estômago, inchaço na barriga, excesso de

    gases intestinais, sensação de queimação na gargan- ta, vômitos, diarreia, manchas vermelhas na pele que podem coçar, dor constante nos músculos, ligamentos e articulações.

    Doença Celíaca Diarreia com perda de gordura nas fezes, vômito,

    perda de peso, inchaço nas pernas, anemias, altera- ções na pele, fraqueza das unhas, queda de pelos, di- minuição da fertilidade, alterações do ciclo menstrual e sinais de desnutrição.

    Não existe apenas um exame que apresente resultado positivo ou negativo à doença celíaca, são necessários pelo menos cinco exa- mes, além de uma análise clínica com base nos sintomas do pacien- te e uma nova bateria de exames depois de mudanças na alimenta- ção, para que, só então, a pessoa receba o diagnóstico da intolerân- cia ao glúten.

    Dentre os exames laboratoriais pedidos pelos especialistas, estão:

    Anti-endomisio; trasglutaminase

    tecidual; gliadina e o estudo mole- cular DQ2 e DQ8.

    Os exames de sangue para pes- quisa de Intolerância ao Glúten podem ser realizados em jejum normal ou leve, onde verificarão a resposta e a sensibilidade do orga- nismo. Dos exames apresentados, apenas o exame de estudo mole- cular DQ2 e DQ8 é capaz de ex- cluir a doença com quase 100% de certeza.

    O exame de estudo molecular DQ2 e DQ8, quando apresenta um

    resultado negativo praticamente ex- clui a intolerância ao glúten mas em caso de um resultado positivo, de- verá ser conciliado com outros exa- mes, sintomas e avaliação médica.

    Depois de realizados os exames para confirmar a intolerância ao glúten, o paciente pode passar por uma biópsia do intestino delgado e fazer uma dieta sem glúten por um tempo determinado pelo médico. Então, depois desse período, os exames citados acima são refeitos e o diagnóstico é concluído.

    IntolerâncIa ao

    Glúten EXAMES LABORATORIAIS

    SINTOMAS

    Pessoas intolerantes ao Glúten procuram dietas livres da proteína, e substituem a farinha de trigo por outras versões: mandioca, arroz, milho, batata doce, inhame, fari- nha de arroz, farinha de mandioca, polvilhos, amido de milho, fécula de batata, fubá, araruta, tapioca, trigo sarraceno, quinoa, amaranto, farinha de amêndoa, peixes, ovos, frutas, verduras e legumes.

    Visando a produtividade, os tri- gos consumidos atualmente são geneticamente modificados, e isso fez o novo trigo se tornar a principal fonte de glúten e também apresen- tar algumas propriedades com im- pacto negativo na saúde humana, além disso, com essas mudanças surgiram novas proteínas no trigo que não existiam antigamente.

    Nem todas as pessoas têm dificul- dades na digestão do glúten, por-

    tando não necessitam de uma dieta especial, mas vale a pena ressaltar que o glúten é uma proteínas de di- fícil digestão e não é decomposta totalmente pelo corpo humano.

    TRATAMENTO

    Sensibilidade ao Glúten não Celíaca É tratada retirando da dieta alimentos com a presença de glúten para melhora dos sintomas.

    Doença Celíaca É tratada coma ausência total de alimentos com glúten.

    ALIMENTOS SEM GLÚTEN QUE SUBSTITUEM A FARINHA DE TRIGO

  • O implante dentário representa uma das maiores evoluções da odontologia, é a solução mais segura para tratar os casos de perda dentária. É um trata- mento simples, feito por meio de uma pequena ci- rurgia com anestesia local.

    O que temos a ressaltar quando falamos em implan- tes dentários é que “não existe rejeição, já que o titânio é um material biocompatível com nosso organismo. A união se dá pelo processo de osseointegração, que nada mais é que o crescimento ósseo envolvendo toda estrutura do implante.

    Não podemos negar que existem casos de falhas

    nesse processo de osseointegração, que pode ocor- rer pela técnica cirúrgica utilizada ou devido a algum agente biológico como inflamações e infecções”. mas nunca rejeição.

    Nem tudo que reluz é ouro.

    Com essa frase posso afirmar que o implante é a melhor escolha quando se trata de devolver o ele- mento dentário perdido, porém nunca será melhor que o dente natural. Sendo assim, o paciente deve sempre procurar um especialista em implantodon- tia para que a avaliação seja correta e o tratamento adequado a necessidade de cada um.

    Implantes dentários

    Dr. Rogério Quadros Jr. Cirurgião dentista - CRO 17504

    Especialista em implantodontia (CEPEO Curitiba)

    Especialista em cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial (ABO Ponta Grossa)

    Credenciamento em cirurgia guiada (ILAPEO Curitiba)

    Aperfeiçoamento em reabilitação com facetas e lentes de contato

    Aperfeiçoamento em restaurações com resinas compostas de dentes anteriores

    Digital smile design (planejamento digital do sorriso)

    6 Revista SA

  • Informação 4.0 Desde o primeiro número, a Revista SA impressiona por sua qualidade

    editorial, conteúdo jornalístico e abrangência comercial, tendo repercussão entre anunciantes e leitores. Já são cinco edições lançadas com grande su- cesso, convertendo-se na vitrine do que há de melhor em Paranaguá, a Rai- nha do Paraná.

    Sempre inovando no mercado editorial, a Revista SA tem a honra de anun- ciar que a partir da presente edição será também no formato digital. O que era bom ficará ainda melhor, pois agora, na condição de multiplataforma, estará acessível nas versões mobile (para smartphones), notebooks e demais platafor- mas digitais, trazendo conteúdos completos que serão disponibilizados ainda nas principais redes sociais. É a informação na Era 4.0: Bem-vindos ao futuro!

    A cada edição que temos a satisfação de produzir, um orgulho maior nos preenche, já que toda a beleza, pujança e fortaleza de Paranaguá são reveladas nas páginas da Revista SA: empresas que são referências ao Brasil, instituições que lutam pelo bem-estar de todos, gente empreendedora, forte e de fé.

    E por falar em fé, o Santuário Estadual de Nossa Senhora do Rosário do Rocio, conhecido por Santuário do Rocio, templo católico dedicado à Padroei- ra Estado, é destaque em matéria especial sobre o turismo religioso no Paraná. Forte, ativa e historicamente importante na defesa da classe empresarial, a Associação Comercial de Paranaguá também ganha espaço em nossas pági- nas. Dentre as várias matérias desta sexta edição, a Revista SA traz também informações sobre saúde, bem-estar, gastronomia, moda, eventos, cultura e as suas galerias sociais, sempre atrativas.

    Dezembro é tempo de lembrarmos o nascimento de Jesus e prepararmos nosso coração para o Natal. Este foi um ano de grandes vitórias e, com muita fé, esperamos que 2019 seja um ano ainda melhor, de grandes transformações positivas. Obrigado por estar conosco e que Deus nos abençoe a todos.

    Sergio Junges Diretor

    Índice

    Direção geral e comercial

    Sergio Junges (44) 98802.8955

    (41) 99842-8955

    Neide Junges (44) 99940.3611

    Jornalista

    Antonio Castanha Filho MTb 9.447-PR

    Impressão

    Gráfica Paraná

    Diagramação

    Todos os anúncios e matérias são de responsabilidade de seus respectivos autores.

    EXPEDIENTE

    Intolerância ao glúten: nem tudo é proibido

    Implantes dentários: avanços continuam

    Barriga trincada não é milagre

    Paranaguá no centro do turismo religioso

    CAPA Valesul Chevrole:

    liderança (re) confirmada

    Abrigo dos idosos precisa de seu apoio

    04

    06

    14

    20

    22

    24

    Festpar coroa talentos paranaenses

    Corrida contra o câncer é sucesso

    Elas arrasam no Diva´s Cup

    Aciap chega aos 95 com nova diretoria

    Click SA O que acontece por aí

    Paisagismo é respeito ao meio-ambiente

    28

    32

    40

    42

    46

    52

    Rua Evaristo Lagoht Nascimento, 213

    Leblon - Paranaguá-PR

    Fotografia

  • Já já um novo ano começa e com ele as promessas de per- der peso, corpos sarados e resultados express. E