Curso de Teclado e Piano Em Apostila

Click here to load reader

  • date post

    24-Jun-2015
  • Category

    Documents

  • view

    886
  • download

    21

Embed Size (px)

Transcript of Curso de Teclado e Piano Em Apostila

Curso de TecladoGuia de introduo para Teclado

Introduo:Salve, Salve Companheiros das Teclas.... Bem, permitam-me primeiramente apresentar-me. Meu nome Jnior, e a convite do Marcus a partir de hoje estarei disponibilizando nesse portal um curso bsico de teclado, onde tentarei passar pra vocs um pouco do que aprendi nos meus cerca de 14 anos ligados msica, como estudante, musico profissional e professor. O Marcus tambm ira me ajudar a fim de que possamos tornar as informaes aqui as mais teis possveis pra vocs internautas que freqentam este portal e que desejam mergulhar no mundo dos teclados. Apenas gostaria de ressaltar que s esse curso no basta, necessrio muita dedicao e empenho para que ele surta efeito, e se possvel o acompanhamento de um professor ou uma escola, visto que aqui estaremos abordando apenas o bsico do instrumento. Mas, vamos ento ao que interessa.

Captulo 1: Conhecendo o TecladoTenho percebido que muitos iniciantes encontram como principal dificuldade logo de imediato a escolha do equipamento correto, dado imensidade de marcas e modelos existentes no mercado. Assim vamos comear por explicar um pouco as diferenas de equipamentos para que voc possa chegar a concluso de qual deve ser o de sua escolha. Primeiramente: Teclado no igual a Piano e nem rgo. J perdi a conta de quantas vezes na minha vida eu ouvi a exclamao: Que legal, voc toca rgo! Isso se da porque as pessoas em geral acham que o Piano, o Teclado e o rgo so a mesma coisa, o que no . Embora venham da famlia das teclas, o Piano um instrumento de Cordas, o rgo de Sopro e o Teclado um instrumento Digital. Isso faz com que a forma que eles sejam tocados seja completamente diferente, embora no Teclado existam sons de Piano, rgo e uma infinidade de outros instrumentos. Nos Teclados ns temos basicamente trs variaes. Os Infantis, os Amadores e os Profissionais, e dentro desses, dois Tipos, os Arranjadores e os Sintetizadores. Supondo que voc embora seja um iniciante, no mais criana, o ideal ento para voc ser um Teclado Amador do Tipo Arranjador. Nessa faixa as duas lderes no Mercado so a Yamaha com sua linha PSR, e a Casio com sua linha CTK, variando os modelos de R$ 250 R$ 1800. Cabe a voc experimentar e chegar a concluso de qual aquele que voc gosta mais e que se encaixa no seu oramento. Apenas seria importante que o equipamento escolhido tivesse 61 teclas e se voc gosta de informtica e pretende num futuro acoplar seu teclado ao computador, que esse fosse GM (General Midi) - embora voc talvez no saiba o que isso, confie em mim, voc ainda vai usa-lo - que ns estaremos abordando mais sobre esse assunto posteriormente. Esses teclados possuem Ritmos ou Styles, e tambm Timbres ou Songs. Nos Styles voc encontrara alguns Ritmos como Baladas, Jazz, Samba, Salsa, Valsa e etc. Em mdia esses equipamentos possuem cerca de 100 Styles. Nos Songs voc encontrara Timbres como Piano, Guitarra, Baixo, Violino, Bateria entre outros. Em mdia esses equipamentos possuem 128 Songs. Mas vamos agora entender como as 7 notas musicais Do, Re, Mi, Fa, Sol, La, Si se encontram dispostas no teclado olhando a figura abaixo

Vimos acima como as 7 notas musicais esto dispostas no teclado, a seqncia Do, Re, Mi, Fa, Sol, La, Si repetida 5 vezes. Cada intervalo de Do a Si chamado de Oitava, portanto um Teclado de 61 teclas possui 5 Oitavas, que comeam com sons Graves e terminam com sons Agudos. Nos teclados arranjadores as 2 primeiras oitavas so destinadas para uso dos Styles, e as demais 3 oitavas so destinadas para o uso dos Songs, isso se o equipamento estiver operando no modo Single ou Fingered (Consulte o manual do seu teclado para maiores informaes ou entre em contato conosco). Existem duas maneiras de identificarmos as teclas. Uma tomando como base as teclas Pretas, ou acidentes. Ao olharmos as teclas pretas iremos identificar que elas possuem um intervalo de 2 e 3 teclas. Assim, o Do ser sempre a tecla branca que vem antes do Intervalo de 2 Pretas, o branca que vem antes do Intervalo de 2 Pretas, o Re vai ser a tecla branca localizada entre o intervalo de 2 pretas e o Mi a tecla branca localizada aps o intervalo de 2 prestas. Pronto, j identificamos 3 notas Do, Re e Mi. Agora vamos as demais. O F ser a tecla branca localizada antes do intervalo de 3 teclas pretas, o Sol e L estaro entre o intervalo de 3 teclas pretas, em sua ordem respectiva e o Si estar aps o intervalo de 3 teclas pretas. Assim aprendemos a localizar todas as notas, mas existe outra maneira ainda, pelo formato das teclas, atentem figura abaixo.

O Re, Sol e L possuem formas diferenciadas. J o Do e o F, possuem formas iguais, semelhantes a um L. E o Mi e Si, tambm, mas como se fosse um L invertido. Agora que j sabemos identificar as teclas vamos numerar os dedos de nossa mo para fazermos um exerccio. Tanto na mo esquerda quanto na direita os dedos tero atribudas a seguinte numerao: Polegar = 1 Indicador = 2 Mdio = 3 Anelar = 4

Mnimo = 5 Vamos executar agora um exerccio. Coloque seu dedo Mnimo (5) da mo esquerda no primeiro D do teclado. V com sua mo direita at o 3 D do teclado, que ser chamado D Central e coloque sobre esta tecla o Polegar (1) da mo direita, conforme a figura identificada abaixo:

Agora execute o exerccio conforme exemplificado na figura abaixo ,usando o dedo determinado para a tecla especificada, conforme a figura abaixo.

Procure fazer primeiro a mo esquerda, depois a mo direita, e por fim juntar as duas. Tambm no tenha pressa, nesse caso o velho ditado A Pressa inimiga da Perfeio se mostra bem veraz. Faa lentamente e conforme for ganhando firmeza nos dedos v aumento a velocidade do exerccio gradativamente. Ao fazer o exerccio mantenha os dedos levemente dobrados, sobre as teclas e o pulso erguido. importante tambm executa-lo diariamente. Ah, e para sentir melhor o exerccio sugiro que o faa com o teclado operando no modo Normal e usando o Song Piano, que normalmente o 00 ou 01. Ficamos assim ento. No prximo captulo estarei ensinando como identificar as notas numa partitura, e estaremos colocando a msica Nona Sinfonia para voc tocar em casa, assim no deixe de nos visitar para pegar essas novidades e outras que este portal disponibiliza, e at l, mos a obra com os exerccios propostos.

Captulo 2: Ritmo, Melodia, Harmonia e Andamento

Os Alicerces da MsicaBom, antes de iniciar o capitulo 2 do nosso Curso Bsico, gostaria de agradecer as visitas ao Site e aos Emails enviados. Continuem nos visitando e enviando Emails, afinal de contas, o que uma artista sem seu publico...oh!! Mas, brincadeiras parte, espero que todos os interessados estejam se beneficiando ao m-ximo das informaes que estou disponibilizando. Gostaria apenas de ressaltar o que o meu amigo Rogrio (bateria) sempre diz. Empenho, Dedicao, Estudo...Estas so palavras fundamentais para que vocs possam atingir seus objetivos.

Ah, e outra coisa, todos os iniciantes tendem a ter um certo "gs" inicial, querem fazer logo os exerccios e musicas propostas, e isso apresenta um perigo muito grande, pois se pode aprender errado, e depois de se aprender errado fica muito difcil corrigir os defeitos. Por-tanto, Pacincia! Tocar bem no tocar Rpido e sim tocar Certo, agilidade se ganha com o tempo. Tente imaginar uma bela casa, com lindos mveis e limpa. uma sensao muito agradvel entrar em um ambiente assim. No entanto pra que essa casa tenha chegado a ficar assim foi necessrio um fator principal, os alicerces, as colunas de sustentao. Uma boa msica tambm assim. muito agradvel ouvir uma bela cano, mas pra que tal cano venha a se tornar bela necessrio que ela tenha suas colunas de sustentao bem estruturadas, o Ritmo, Melodia, Harmonia e o Andamento. Vamos ento definir esses alicer-ces. Ritmo: uma seqncia de sons em intervalos regulares. No devemos confundir Ritmo com Estilo. O Estilo uma variao temtica do Ritmo. O que determina um Estilo no tanto o Ritmo, mas a Harmonia que ainda iremos abordar. Pode-mos definir como alguns Estilos principais o Rock, O Samba, a Valsa, o Jazz e etc. Mas vol-tando a falar em Ritmo, podemos dividir o Ritmo em Tempos, s pra citar os mais usados so 2, 3, 4, 6 e 8. Melodia: uma seqncia de sons em intervalos irregulares. A Melodia caminha por entre o Ritmo. A Melodia normalmente a parte mais destacada da Msica, a parte que fica a cargo do Cantor, ou de um instrumento como Sax ou de um solo de Guitarra e etc. Sempre que ouvir um Solo - notas tocadas individualmente - voc estar ouvindo uma Melodia. Harmonia: a juno de partes como um todo. A juno do Ritmo, com a Melodia, e a de outros elementos formam a harmonia. por meio da harmonia que podemos ter estilos musicais distintos. Embora o Ritmo no varie muito, os elementos meldicos e complementares so fundamentais para se criar Estilos distintos e harmoniosos. Andamento: a variao na velocidade da Harmonia, ou do resultado final das junes dos elementos Ritmo, Melodia e Complementares. Algumas canes so bem lentas, como a cano If You Do No Me By Now, do conjunto Simple Red, com cerca de 80 batimentos por minuto, e outras so bem rpidas, como a co-nhecida Brasileirinho com 150 batimentos por minuto. Bem, agora que j conhecemos os elementos fundamentais para a criao de uma Msica, vamos analisar como esses elementos podem ser transcritos de uma forma que pode haver uma comunicao correta entre Compositor ou Autor da Msica e Intrprete. Para isso vamos comear a estudar a forma de Transcrio Musical Universal Por Meio de Notas.

Captulo 3: O Sistema de Notao UniversalJ vimos todas as propriedades da Msica e do Som, agora chegou a hora de aprendermos a colocar a Msica por escrito afim de que possamos transmitir nossas criaes e tambm executar peas dos artistas de nossa preferncia. Primeiramente vamos nos lembrar dos nomes da Sete notas musicais. So elas, D, R, Mi, F, Sol, L e Si. Agora vamos analisar a pauta musical, o conjunto de linhas que usado para se transcrever as notas