CONSTRUINDO APRENDIZAGEM ATRAVÉS DO BRINCAR NA · PDF filejogos e brincadeiras que se...

Click here to load reader

  • date post

    09-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    214
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of CONSTRUINDO APRENDIZAGEM ATRAVÉS DO BRINCAR NA · PDF filejogos e brincadeiras que se...

  • UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES

    POS GRADUAO EM PSICOPEDAGOGIA

    CONSTRUINDO APRENDIZAGEM ATRAVS DO BRINCAR NA EDUCAO

    INFANTIL

    BRBARA SPETSERIS VIEIRA

    ORIENTADORA:

    PROFESSORA: SIMONE FERREIRA

    RIO DE JANEIRO

    2011

  • 2

    UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES

    POS GRADUAO EM PSICOPEDAGOGIA

    CONSTRUINDO APRENDIZAGEM ATRAVS DO BRINCAR NA EDUCAO

    INFANTIL

    Trabalho monogrfico apresentado A Universidade Cndido

    Mendes, Instituto a Vez do Mestre como requisito final

    obteno do grau de Ps Graduao Lato Sensu em

    Psicopedagogia.

    Por: Brbara Spetseris Vieira

  • 3

    AGRADECIMENTOS

    Agradeo a minha famlia que me incentivou a concluir esse

    curso, principalmente ao meu filho pelo apoio recebido. A

    minha orientadora Simone Ferreira que forneceu orientaes

    seguras e aos meus amigos, por terem acompanhado essa

    etapa to importante na minha vida.

  • 4

    DEDICATRIA

    Dedico esse trabalho a todos os meus docentes e discentes

    que despertaram o meu interesse de pesquisa ao longo desses

    12 anos de profisso. Muito obrigada!

  • 5

    MENSAGEM

    Jamais pense em usar os jogos pedaggicos e as brincadeiras sem um

    rigoroso e cuidadoso planejamento, e jamais avalie sua qualidade de professor

    pela qualidade de jogos e brincadeiras que emprega e sim pela qualidade de

    jogos e brincadeiras que se preocupou em pesquisar e selecionar.

    Mnica Oliveira da Silva Vicente Valentim

    Psicloga e Pedagoga

  • 6

    RESUMO

    O tema deste estudo tem como foco o desenvolvimento das aptides da

    criana na Educao Infantil. Com o intuito de tornar mais fcil e compreensivo

    o relacionamento entre criana, jogos e brincadeiras, mostra que atravs

    destes, a criana estabelece vnculos sociais, faz descobertas sobre a sua

    personalidade e aprende a viver socialmente.

    A educao imprescindvel na vida de qualquer ser humano estando

    presente desde os primeiros anos escolares, nos quais, formam-se esquemas

    de raciocnios que contribuiro para traar sua personalidade, alm de formar

    hbitos, atitudes e valores que valero para as funes que assumir na idade

    adulta.

    Destacando a complexidade do ser humano em todas as suas reas:

    fsica, mental, emocional e espiritual, preciso que haja constantes mudanas

    de mundo e da forma que nos refletimos nele, necessrio que haja uma

    integrao, pois, torna o aprendizado enriquecedor e valoriza ainda mais as

    diferenas. Estabeler relaes atravs do respeito pelo outro, aceitao e afeto,

    de ouvir opinies, de saber se expressar, resolver conflitos e trabalhar

    coletivamente seguindo regras e instrues.

    A escola, por intermdio do educador, deve ter em primeiro plano a

    funo ldica, oportunizando a fundamentao do afeto, do dilogo, da

    valorizao, na participao das atividades, na reflexo crtica e na

    transformao da realidade, valorizando as diferenas da criatividade e das

    habilidades de cada indivduo, enfocando sempre nas qualidades da criana

    que so a curiosidade, espontaneidade e criatividade.

    Por que no unir jogos e brincadeiras com msicas e sons? A unio

    destes elementos desenvolve a criatividade e a auto-expresso das crianas,

    contribuindo para o desenvolvimento de vrios aspectos da realidade humana

    nos campos afetivo, cognitivo, lingstico e psicomotor, alm de serem grandes

    estimuladores em se tratando trabalhar com mltiplas inteligncias.

    O educador que trabalha com esta fase deve estar sempre atento e

    pronto para trabalhar e estimular o ldico na escola. Privar as crianas ou

    imped-las de brincar, no so aspectos relevantes para a educao e

    construo de seres completos. Jogos e brincadeiras so enriquecedores e

  • 7

    grandes edificadores no ato de educar e de formar a personalidade do

    indivduo.

    preciso que cada educador reflita a respeito do desenvolvimento afetivo

    do educando, e d a este oportunidade e um maior envolvimento das mais

    variadas formas de expresso. Ao observar a criana o professor pode

    perceber o momento em que esta se encontra, e a partir da, incentiv-la e

    desafi-la a expressar-se e realizar descobertas.

    O presente trabalho destaca a importncia do ldico, das brincadeiras e

    dos jogos, para um suporte de aprendizagem que permite desenvolver as

    aptides fsicas e mentais, onde a criana busca novas sadas para a soluo

    de problemas, como o desenvolvimento do raciocnio lgico, do aumento do

    vocabulrio e um melhor entrosamento com os colegas e professores,

    percebendo que ajudar to importante quanto ser ajudado.

  • 8

    METODOLOGIA

    Para o desenvolvimento desta monografia, foi utilizada a pesquisa

    bibliogrfica, com a leitura de vrios materiais, assim como livros,

    documentrios e relatos de profissionais da rea. Utilizou-se tambm a prtica

    vivenciada durante vrios anos, em sala de aula, como regente de turma em

    contato direto com diferentes classes sociais.

    Alm das referncias tericas que iro embasar o estudo, os autores,

    tambm sero utilizadas as experincias vivenciadas na pesquisa de campo,

    que daro o conhecimento para desenvolvermos na prtica o objetivo de

    estudo sobre a construo da aprendizagem atravs do brincar e acreditando

    que constitui de um tema de extrema relevncia para a construo de uma

    metodologia dinmica e democrtica.

    Esses autores auxiliaram a refletir sobre a aprendizagem de forma mais

    ampla, para traar um quadro de referncias das diferentes propostas, tendo

    em vista a construo da aprendizagem atravs do brincar na Educao

    Infantil.

  • 9

    S U M R I O

    INTRODUO

    CAPTULO 1

    O BRINCAR NA HUMANIDADE COMO FERRAMENTA IDEAL NO

    PROCESSO DE APRENDIZAGEM.

    CAPTULO 2

    O PAPEL DO EDUCADOR COMO ESTIMULADOR DO BRINCAR E A

    CONDUO DOS JOGOS PARA A ESTIMULAO DAS INTELIGNCIAS.

    CAPTULO 3

    PESQUISA DE CAMPO

    CONCLUSO

    BIBLIOGRAFIA

    ANEXOS

    NDICE

  • 10

    INTRODUO

    O homem s completo quando brinca, e ao longo de todos estes anos de

    estudo isto vem sendo comentado e a cada dia mais olhares e interessados

    neste assunto dedicam-se e refletem sobre este tema to relevante e de

    tamanha importncia na rea educacional.

    Atravs das brincadeiras e dos jogos o homem capaz de abandonar o

    mundo das necessidades e das tcnicas, mundo este que muitas vezes o torna

    prisioneiro e o limita e por um motivo ainda mais forte, o mesmo se d com a

    criana que pela proteo do adulto afastada dos contatos brutais e das

    coisas inumanas. Para a criana, quase toda atividade um jogo, e por meio

    deste veculo que ela adivinha e antecipa as condutas superiores. Ela

    considera o jogo como trabalho, dever, ideal da vida, por intermdio do jogo

    que ela pode agir.

    Nesta fase da infncia a criana brinca e imita, e seria impossvel imaginar a

    infncia sem seus risos e brincadeiras. Estes jogos imaginrios e tambm as

    brincadeiras regradas so fonte de crescimento emocional e cognitivo para o

    desenvolvimento da criana. Este perodo da vida do indivduo de grande

    valia, pois este aprendizado da infncia que se reflete na fase adulta.

    Estudar na infncia somente o crescimento, o desenvolvimento natural dos

    seres humanos sem considerar o brinquedo, seria negligenciar este elemento

    de grande importncia que presena constante desta fase e desconsiderar a

    sua contribuio indispensvel pela qual a criana modela sua prpria forma. O

    jogo no faz a criana crescer apenas, ela torna a criana grande. atravs

    do jogo que ela desenvolve as possibilidades peculiares de sua estrutura,

    concretiza suas potencialidades virtuais e ao assimil-las, desenvolve-as

    unindo-as em uma perfeita combinao que coordena seu ser e lhe vigora.

    A infncia tem por objetivo o treinamento pelo jogo, das funes tanto

    psicolgicas como psquicas. O jogo o centro da infncia e estes no podem

    ser analisados separadamente.

    A brincadeira est para a criana assim como o trabalho est para o adulto.

    O jogo permite a criana crescer com suas proezas ldicas, j o homem adulto

  • 11

    procura provar a si mesmo, e aos outros, seu prprio valor obtido atravs de

    um resultado real.

    O jogo na vida da criana um exerccio, mas no esprito da criana que

    brinca e joga sem dvida uma prova de sua personalidade e uma afirmao

    de si. A criana que no quer brincar ou jogar uma criana cuja

    personalidade no se afirma, que se contenta em ser fraca e pequena, um ser

    sem determinao para o futuro.

  • 12

    CAPTULO I

    1.1-O Brincar na Humanidade

    O homem sempre procurou uma maneira de se divertir e a essa diverso na

    infncia especialmente, demos o nome de brincadeira.

    Desde a Idade Antiga a brincadeira j era vista como uma competio, no

    qual os mais fortes e bem preparados chegavam ao final. Com o passar dos

    sculos, ocorreu popularizao dos jogos educativos. Tempos mais tarde,

    devido aos avanos da Psicologia e aps um grande nmero de pesquisas no

    campo da educao nas reas sociais e humanas, ressaltou-se a importncia

    da brincadeira no desenvolvimento infantil.

    De acordo com as pesquisas, considerou-se a