Caderno Mazup do dia 20.09, ed 109

download Caderno Mazup do dia 20.09, ed 109

of 8

  • date post

    20-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    228
  • download

    6

Embed Size (px)

description

O Mazup vem com um novo caderno semanal. Conifra as matérias e muito conteúdo exclusivo para você.

Transcript of Caderno Mazup do dia 20.09, ed 109

  • 20 de setembro de 2012 - #109

  • Vamos alongar?

    Alongar? No, no me refi ro a exerccios fsicos, estou falando de cabelos. Apesar de estar em alta os cabelos curtos, a maioria das mulheres ainda prefere os fi os longos. Por conta do dia a dia, nem sempre possvel man-ter a cabeleira do tamanho que se deseja e tem tambm a ques-to do cabelo frgil. Algumas mulheres passam anos esperan-do os fi os crescerem e nada. Se crescem um pouco mais, fi cam frgeis, fi nos e desvitalizados.

    Quem gosta de cabelos longos e no tem, costuma aderir ao mega-hair, mas pra fi car legal precisa fi car natural e, na maioria das vezes, no o que acontece. O preo de um bom mega tam-bm difi culta, e muitas mulheres acabam comprando gato por lebre.

    Se o mega no couber no seu bolso, o jeito investir em um aplique para o momento.

    Um mercado que vem se for-talecendo no Brasil o dos apli-

    Pedro Henrique Campos

    Os looks escolhidos para esta sema-na tm tudo a ver com o que estamos comemorando hoje, a nossa Revoluo Farroupilha.

    1. A boina muitas vezes substitui o cha-pu de gacho; um acessrio prtico e pode ser usado de vrias maneiras por ser malevel.

    2. A bombacha mais estreita d um ar mais urbano ao traje. Ela sempre possui cores neutras, no importa se clara ou escura.

    3. O leno do gacho pode dizer vrias coisas, principalmente pelo tipo de n que utilizado.

    Elen Baronio dos Santos

    1. O traje da prenda pode ser um vestido ou saia com camisa. A barra da saia alcana o peito do p, e as mangas so longas ou trs-quartos ou at o cotovelo. Se houver decote, ele ser sempre discreto, nunca expondo os ombros ou o busto.

    2. O cabelo pode ser usado semipreso, preso ou com tranas. Podem-se usar fl ores para enfeitar, eu acho as naturais muito mais elegantes, principalmente as orqude-as, que so resistentes e fl orescem no ms de setembro.

    3. O camafeu um acessrio muito antigo (300 a.C.) e estar em alta na prxima estao.

    ques que voc pode colocar em casa. Isso mesmo, nada de fi car horas na cadeira do cabeleireiro. Esses apliques so para aqueles momentos em que voc quer mudar o visual rapidinho. Para ir a uma festa, por exemplo.

    Voc escolhe a cor e formato - tem longo, mdio, ondulado, liso e at franjinha - que mais se parecem com o seu cabelo natural e prende com clipes, uns grampinhos do tipo tic-tac fceis de colocar e tirar tambm.

    A maioria em material sint-tico. Nesses casos, preciso ver se o fi o de boa qualidade. No caso dos sintticos, tambm no se pode usar secador, chapinha ou tinturas. A limpeza simples, basta lavar com xampu neutro, enxaguar a pea com gua fria e deixar secar naturalmente.

    possvel encontrar esses tipos de apliques em lojas de cosm-ticos. Passa l no blog que tem + dicas sobre apliques.

    Beijo.

    2mazupmazup

    1

    1

    2

    2

    3 3

    por Ktia Eckert

  • Sucesso no YouTube

    A mulher mais feia do mundo

    Presa 4x por ouvir AC/DC

    Ns achamos nosso gato

    T fazendo sucesso no YouTube o vdeo deste pequeno urso atacando um ho-mem. At o fechamento desta edio, o vdeo j tinha mais de 400 mil visualiza-es. Para v-lo, acesse mazup.com.br

    Com apenas 23 anos, Lizzie Velasquez fi cou conhecida como a mu-lher mais feia do mundo. Ela sofre de uma doena rara que afeta somente trs pessoas na Terra. O seu corpo simplesmen-te no adquire qualquer tipo de gordura. Mesmo com todos os problemas que sua enfermidade pode acarretar, ela tem uma vida normal.

    Joyce Coff ey, do Reino Unido, foi presa quatro vezes em 26 horas por ouvir Highway To Hell, do AC/DC, em volume alto demais. A polcia da cidade avisou da necessidade de manter o volume adequado, e Joyce no respeitou, e aca-bou sendo levada para trs das grades. O fato se repetiu por trs vezes e, em todas, ela foi presa.

    J cansamos de ver cartazes espa-lhados pela cidade anunciando a perda de algum animal de estima-o. Agora, um cartaz agradecendo que encontrou o pet perdido bem incomum, n? E justamente isso que t rolando pela web: uma foto de um cartaz que diz: Ns encontramos nosso gato e estamos muito felizes. Fofo, no?

    tiro curto

    Caderno produzido pela empresa Mazup Entretenimento Ltda. e encartado semanalmente no jornal O Informativo.

    51 3726-6741www.mazup.com.brcontato@mazup.com.brAv. Benjamin Constant, 2.197, sala 401Bairro Florestal - Lajeado/RS

    A empresa Mazup quer produzir seus contudos em parceria com voc. Faa contato!facebook.com/tonomazuptwitter.com/tonomazupyoutube.com/tonomazup

    Barriga de tanquinho pra j

    Chega dessa histria de fi car uma vida inteira na academia e nunca con-seguir aquela barriga de tanquinho to desejada pela mulherada. Seus pro-blemas acabaram. Inven-taram um aparelho que faz sua barriga fi car na for-ma to desejada de uma

    maneira bem tranquila, assim como mostra na foto, olhando TV.

    Eu sou humana. claro que essas coisas me magoam. Mas no

    vou deixar que isso me limite.

  • ===4mazup

    Orgulho gacho

    Que o povo gacho bairrista est na cara, no pelego e nas pilchas. A Semana Farroupilha vem para mostrar que a tradio acende a chama gaudria propagan-deada nos referenciais histricos e na mdia co-mercial.

    O Vale do Taquari segue a tendncia. O bair-rismo de Lajeado ganhou evidncia por meio do perfil no Twitter de O Lajeadense. Um tuitei-ro sarcstico, inspirado no perfil de O Bairrista, aproveitou a onda para destilar ironia. Durante um ano, foi mandando novidades e curiosida-des sobre o centro do mundo.

    Rafael Spengler, de 26 anos, que hoje mora em Porto Alegre, manteve o anonimato durante muitos meses e, quando matou O Lajeaden-se, em novembro de 2011, revelou no prprio Twitter sua identidade. At hoje as pessoas me pedem para voltar, revela.

    Spengler, que se formou em Economia na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e mergulha nos livros para o mestrado, hoje nem teria tanto tempo assim para pensar nas man-chetes sensacionais que tuitava na poca, mas ele revela: Quem sabe, aps as eleies, O La-jeadense no possa voltar? Depois de 1.676 tweets, Spengler matou um dos perfis mais co-mentados do Vale do Taquari que ficou famoso justamente pela ironia e o bairrismo que marca-vam o microblog.

    Na verdade, pasmem, vocs, Rafael contra o bairrismo cultivado por Lajeado. Ele acre-dita ser um tipo diferente, no aquele cultuado nas tradies, mas que diferencia os grupos por classes sociais. As pessoas se conhecem por morar em um determinado bairro ou frequentar o mesmo clube. Na Semana Farroupilha, h o engajamento dos gaudrios para levar a tradio atravs do pampa. Apesar de Lajeado figurar entre ndices de destaque em desenvolvimento

    Para fazer frente ao orgulho gachque entende de vaidade local. Dez bairrista do Vale, o Mazup conveque durante 11 meses alimentou o

    Leia ouvindGraforreia Xi

    Bairrismo l diferente

  • Civilizaes: ndios tm solicitao atendida e liberam BR-386. Tribo caigangue teria exigido carmelitos grtis por toda a vida.

    Turismo: Eufricos visitan-tes de Caxias e Porto Alegre (Regio Metropolitana de Laje-ado) fotografam nossas belas sinaleiras.

    Expertise: Defesa Civil de Lajeado se desloca para Santa Catarina. Ora, ningum enten-de mais de enchente que ns!, justifi ca coordenador.

    Ensino: Dilma confi rma esco-la tcnica federal em Lajeado. Curso de Construo e Manu-teno de Sinaleiras j conta com muitos interessados. Cultura: Feira do Livro de Lajeado foi sucesso. Evento

    servir de modelo para outros menores, como a Feira do Livro de Porto Alegre. Cincia: Tempo faz surgir homens-anfbios em Lajeado. Discovery Channel se adianta e anuncia srie a ser gravada na cidade. Msica: Organizao da Expovale 2012 diz no a Amy Winehouse, e cantora, incon-solvel, no v mais sentido para a vida.

    Celebridades: Luan Santana fl agrado comprando culos para estrabismo na tica Haas. Histeria na Julio. Msica: Fila para autgrafos surpreende e emociona Luan Santana. Amar no pecado nesta cidade linda. Estou apai-xonado, diz o cantor.

    ho na Semana Farroupilha, fomos buscar algum meses depois da morte do perfi l mais irnico e

    ersa com Rafael Spengler, criador de O Lajeadense, o popular perfi l do Twitter. Ele pode voltar.

    o Amigo Punk, ilarmnica

    Tutes que chamaram a ateno

    Gustavo BchnerCarmelito a melhor comida da terra. Pensem em algo que vocs vo comer fora de hora, s vezes sem ter fome e que deixa vocs em xtase na primeira mordida?

    Ao seguir o exemplo do bairris

    ta, perguntamos no Facebook

    do Mazup

    no que Lajeado o melhor do

    mundo. Confi ra as melhores re

    spostas

    Bruno Zanatta Salvatori A primeira arena do Estado do Lajea-dense a melhor do mundo (at que

    a arena do Grmio fi que pronta; a ela vai pro segundo lugar, hehe)

    No que Lajeado o melhor do m

    undo?

    humano, a populao pouco engajada. As tur-mas se juntam pelo status quo.

    Ironia que surpreendeuO perfil de O Lajeadense comeou com uma

    simples brincadeira. Spengler e seus amigos sempre brincaram muito com esse certo incons-ciente coletivo de que Lajeado melhor em tudo. O perfil fez tanto sucesso que surpreen-deu Spengler. Em nenhum momento, ele teve inteno de levar o perfil para o lado poltico ou depreciar o estilo de vida da cidade.

    O tuiteiro que tem como um dos escritores preferidos Alberto Camus, pretendia com O La-jeadense fazer as pessoas se divertir. Mas tam-bm fazer com que elas se sentissem olhando para um espelho. Quando eu vim morar em Porto Alegre, percebi ainda mais o bairrismo de Lajeado. Com humor no convencional, am-parado por uma vasta cultura e por sacadas ge-niais, O Lajeadense foi angariando seguidores. A inspirao vinha do cotidiano, dos jornais e de algo que tenderia ao absurdo.

    Em 29 de abril do ano passado, Spengler no poupou nem o Mazup. Esc