Apostila de Teclado - Essias · PDF fileApostila de Teclado ... FORMANDO ACORDES MAIORES ......

Click here to load reader

  • date post

    06-Feb-2018
  • Category

    Documents

  • view

    245
  • download

    2

Embed Size (px)

Transcript of Apostila de Teclado - Essias · PDF fileApostila de Teclado ... FORMANDO ACORDES MAIORES ......

  • Apostila de Teclado - Essias Souza

    Pgina 2

    Contedo INTRODUO ................................................................................................................................ 3

    CONHECENDO SEU INSTRUMENTO - A HISTRIA ......................................................................... 4

    DIFERENAS ENTRE SONS NORMAIS, SINTETIZADOS E SAMPLEADOS. ........................................ 7

    CONHECENDO SEU INSTRUMENTO - DIVERSOS TAMANHOS ....................................................... 8

    CONHECENDO SEU INSTRUMENTO - MAIS TIPOS DE INSTRUMENTOS DE TECLAS ...................... 9

    CARACTERISTICAS DE UM TECLADO ........................................................................................... 11

    ITENS BSICOS DE UM TECLADO ............................................................................................ 11

    CONHECENDO AS NOTAS EM UM TECLADO ............................................................................... 12

    EXERCCIOS DE FIXAO PARA TECLADOS .................................................................................. 13

    ENCONTRANDO NOTAS EM OITAVAS ......................................................................................... 14

    BATIDAS NO TECLADO ................................................................................................................. 16

    ARPEJOS ...................................................................................................................................... 18

    TIPOS DE LEITURAS PARA TECLADO ............................................................................................ 19

    FORMANDO ACORDES MAIORES ................................................................................................ 22

    FORMANDO ACORDES MENORES ............................................................................................... 24

    FORMANDO ACORDES COM 7 (Stima) ...................................................................................... 25

    FORMANDO ACORDES 9 OU SUS2 .............................................................................................. 26

    FORMANDO ACORDES SUS4 ....................................................................................................... 27

    FORMANDO ACORDES NA PRIMEIRA INVERSO ........................................................................ 28

    FORMANDO ACORDES NA SEGUNDA INVERSO ........................................................................ 29

    FORMANDO ACORDES DIMINUTOS ............................................................................................ 31

  • Apostila de Teclado - Essias Souza

    Pgina 3

    INTRODUO

    Gostaria de lhe desejar as boas vindas s minhas aulas de teclado, e este documento uma apostila que

    vai lhe auxiliar no seu estudo. Existem diversos mtodos de ensino de instrumentos de teclas, mas eu

    preferi juntar minhas experincias mais o conhecimento em alguns mtodos e aplic-los ao meu, e eu

    julguei importantssimo antes, te ajudar na compra de seu instrumento, dando alguns toques de itens

    bsicos que seu teclado deve ter, falando de algumas marcas e recursos. Os teclados so instrumentos

    com muitas caractersticas e possibilidades e por experincia prpria eu mesmo tive um problema de-

    pois que eu aprendi a tocar e eu tinha um YAMAHA PSR-77. Logo fiquei desanimado porque meu tecla-

    do era muito limitado. Qualquer dvida, crtica ou sugesto estou atento para melhorar meu trabalho.

    Algo que eu acho super divertido conhecer os diversos instrumentos de teclas que voc vai poder to-

    car depois que aprender teclado.

    Espero fazer parte dos seus estudos, e gostaria muito de um dia ver o msico que comeou estudar co-

    migo se dar muito bem como um msico de sucesso.

    Bons estudos!

  • Apostila de Teclado - Essias Souza

    Pgina 4

    CONHECENDO SEU INSTRUMENTO - A HISTRIA

    Interessante antes conhecermos o instrumento que vamos tocar, vamos comear por um pouco de his-

    tria e logo ao fsico do instrumento.

    Como a histria sempre carente de bons registros, temos duas histrias que datam a criao do tecla-

    do musical. Uma que conta a histria de Robert Moog, que o criador dos famosos sintetizadores da

    marca MOOG no ano de 1964.

    Abaixo um sintetizador Moog

    Como se pode ver na imagem acima, ter um instrumento destes era muito complicado por causa do ta-

    manho e do preo que ultrapassava a marca de U$ 10k.

    A outra histria do professor Elisha Gray, que conseguiu controlar sons na estrutura de um teclado co-

    mo de piano atravs da tecnologia (Que alguns dizem que foi ele o inventor e que perdeu a patente por-

    que Graham Bell patenteou 1 hora antes dele) do telefone/telgrafo por volta de 1875.

  • Apostila de Teclado - Essias Souza

    Pgina 5

    Mas ainda julgo mais legal a histria dos avs do teclado. Este dois eletrnicos vieram porque antes

    foram criados o Piano por volta de 1700 por Bartolomeu Cristofori, que na verdade um instrumento

    filho de outros mais velhos chamados Cravo ou Harpsichord e do Clavichord. A diferena entre estes

    dois so mnimas, mas se nota, enquanto o Cravo mais parecido com um piano de Cauda o Clavichord

    mais parecido com os nossos teclados musicais, sendo menores. Veja abaixo nas imagens:

    OBS.: O interessante que ns usamos os timbres destes instrumentos at hoje. Muito aplicado nas m-

    sicas barrocas, e nos reggaes de hoje em dia.

    Voltando histria dos teclados ento, hoje chegamos a ter diversos tipos de teclados. O invento do

    Professor Gray controlava os tons das notas atravs de vibraes eltricas, j o de Moog alm de con-

    trolar o tom da nota, fazia modificaes nos sons emitidos, mudando os timbres, a vibrao dos sons de

    tudo mais. Na minha vdeo aula voc vai poder ouvir essas variaes de sons que Moog foi capaz de re-

    produzir.

    Curiosidade: O piano se chama piano porque antes o Cravo e o Clavichord tinham o som atravs de um

    Pizzcato (Belisco) e com isso, qualquer tecla pressionada com fora ou no, tinha o mesmo volume de

    som, e assim era chamado de Piano Forte porque foi uma caracterstica que Bartolomeu Cristofori con-

    seguiu com este instrumento usando os martelos que poderia ser tocados fortes ou fracos. Em italiano

    Piano significa fraco, e forte significa forte mesmo.

    O PIANO

    Vamos detalhar mais o piano. Este instrumento fabuloso, possui som peculiar que produzido atravs

    de martelos de madeira com feltro para um som mais macio e quando a tecla solta uma outra pea de

    feltro pousa sobre a tecla fazendo com que ela pare de vibrar. O mais bacana so os pedais. Os pianos

    tm geralmente 2 ou 3 pedais, e as funes dependem do modelo, uns possuem o Pedal Una Corda que

    faz o som do piano mais suave, o Sostenuto que faz com que apenas as teclas que so pressionadas no

    momento do acionamento vibrem livremente, outros o pedal de surdina, mas o mais importante o Le-

    gato ou mais conhecido como Sustain. O Sustain permite que a corda vibre solta fazendo que o abafador

    no volte para a corda quando o msico solte a tecla, e fazendo o som reverberar at o momento em

    que o pedal solto. Isso possibilita que o msico execute vrias notas ao mesmo tempo.

  • Apostila de Teclado - Essias Souza

    Pgina 6

    CONHECENDO SEU INSTRUMENTO - TIPOS DE TECLADOS

    O teclado dotado de uma variao muito grande, mas vamos aos mais comuns. Existem 4 tipos de te-

    clados:

    ARRANJADORES

    Os arranjadores so teclados com diversos ritmos de msicas j configuradas e que ajuda ao msico a

    executar uma cano inteira sem necessidade de outros instrumentos para tocar a bateria, o baixo, os

    strings, e etc.

    WORKSTATION

    Teclados que s precisam ser ligados, escolhidos os timbres e tocados. Geralmente so instrumentos

    com vrios PreSets (Pr configuraes) montadas para fazer performance de palco. possvel tocar tim-

    bres de piano, guitarra, baixo, strings (cordas de orquestra, geralmente violino, violoncelo, etc), bateria.

    Possuem normalmente 49 teclas (4 oitavas) e 61 teclas (5 oitavas).

    SINTETIZADORES

  • Apostila de Teclado - Essias Souza

    Estes instrumentos geralmente so usados para emisso de sons sintetizados, os famosos Synths, sons

    que se assemelham aos dos antigos vdeo

    duzem sons bem diferentes do comum.

    CONTROLADORES

    Como se no tivesse alma, o controlador no serve de nada se no tiver um computador com um pro

    grama ou um mdulo como o JV

    assim como o mouse do computador, e acaba fazendo o controle das notas de um programa no com

    putador, ou no mdulo. Variam tambm de 25 teclas (2 oitavas) a 88 Teclas (7 oitavas).

    SP - STAGE PIANO

    No meu ponto de vista este sempre o mais le

    te o Stage Piano pra tocar e sim poder usar uma controlador ou um sintetizador em conjunto com o Sta

    ge Piano. A ideia inicial ter um teclado com mais cara de piano. Comeando pelas teclas que imitam a

    teclas pesadas de um piano, tornando o ato de tocar uma sensao que pra mim como se as teclas es

    tivessem vivas. Geralmente possuem de 73 a 88 teclas, o que possibilita que o msico se expresse

    melhor que em 4 ou 5 oitavas. As caractersticas variam m

    trumentos com diversos timbres como do clavichord, strings, piano eltrico, mas o nfase no gran

    piano.

    DIFERENAS ENTRE SONS NORMAIS, SINTETIZADOS E SAMPLEADOS.

    Os sons normais so aqueles que produzimos tocanmodificao na sua produo em relao a timbre ou qualquer outra caracter