A amante infiel

download A amante infiel

of 34

  • date post

    07-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    230
  • download

    7

Embed Size (px)

description

Jennifer Hunter é uma belíssima mulher, mas com um trabalho pouco convencional. Com uma identidade secreta, ela ficou conhecida como Ashlyn e, nos últimos dois anos, tem sido contratada por esposas e namoradas desconfiadas para aplicar uma “inspeção de fidelidade” em seus parceiros. Porém, a vida dupla de Jennifer começa a cobrar seu preço e seus dias de inspetora de fidelidade parecem estar contados quando surge o sexy e elegante Jamie Richards. Mesmo sabendo que não há espaço para romances em sua vida, ela se vê atraída por ele e, aos poucos, vai se apaixonando. Mas antes que aposente sua identidade secreta pelo amor verdadeiro, ela assume uma última missão. Um trabalho que irá alterar para sempre suas percepções de confiança, honestidade e amor.

Transcript of A amante infiel

  • A amante infiel

  • A amante infiel

    Jessica Brody

    So Paulo 2013

  • Dados Internacionais de Catalogao na Publicao (CIP)(Cmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

    Brody, Jessica A amante infiel / Jessica Brody ; [traduo Carolina Huang]. -- Barueri, SP :Novo Sculo Editora, 2013.

    Ttulo original: The fidelity files.

    1. Fico norte-americana I. Ttulo.

    13-02803 CDD-813

    ndices para catlogo sistemtico:

    1. Fico : Literatura norte-americana 813

    THE FIDELITY FILES 2008 by Jessica Brody. All rights reserved. Printed in the United States of America. For information, adress St. Martins Press, 175

    Fifth Avenue, New York, NY.10010.Copyright 2013 by Novo Sculo Editora

    Texto de acordo com as normas do Novo Acordo Ortogrfico da Lngua Portuguesa (Decreto Legislativo n 54, de 1995)

    CoordenaoTraduo

    DiagramaoReviso

    Capa

    Equipe Novo SculoCarolina HuangAna GameiroDbora DonadelGabriel Calou

    2013IMPRESSO NO BRASILPRINTED IN BRAZIL

    DIREITOS CEDIDOS PARA ESTA EDIO NOVO SCULO EDITORA LTDA.

    CEA Centro Empresarial Araguaia IIAlameda Araguaia, 2190 11 Andar

    Bloco A Conjunto 1111CEP 06455-000 Alphaville SP

    Tel. (11) 2321-5080 Fax (11) 2321-5099www.novoseculo.com.br

    atendimento@novoseculo.com.br

  • Aos meus pais, cujos coraes sempre foram fiis.

  • Agradecimentos

    Ontem noite, enquanto eu estava assistindo cerimnia do Oscar e ouvindo todas as vencedoras de Gucci e Versace agradecerem suas mes, pais, esposos, empresrios, maquiadores e gatos caolhos, de repente me lembrei (por causa de todos os agradecimentos, no porque tambm tenho um gato caolho) que eu ainda no tinha escrito os agradecimentos para A amante infiel.

    E, sim, escrever um romance no exatamente a mesma coisa que ganhar um Oscar. Para comear, eu s tenho vestido barato, e Ryan Seacrest no tem interesse em me entrevistar. Mas, como vero nas pginas seguintes, tam-bm h muita gente para agradecer. A nica diferena que posso faz-lo de pijama, sem a ameaa da msica chata que toca quando o tempo acaba. Claro que voc pode simplesmente fechar o livro e calar a minha boca, mas um risco que estou disposta a correr. E, como este meu primeiro livro, eu praticamente tenho que agradecer todas as pessoas que conheo, porque, sinceramente, h grandes chances de as pessoas que eu deixar de fora no comprarem o segundo livro. Portanto, este o momento em que aqueles que no me conhecem e, francamente, no se importam a quem agradeo podem respeitosamente se retirar, virar a pgina e seguir com suas vidas.

    Em primeirssimo lugar, quero agradecer a Laura e Michael Brody, minhas inspiraes, meus heris vivos, meus maiores incentivadores. Ah, e eles tambm so meus pais. Se no fosse por eles, eu no estaria aqui hoje... literalmente. Obrigada, me, por me criar com a mentalidade de ser livre e por me deixar despejar o leite no meu cereal sozinha. Acho que ns duas sabemos que aquela porozinha de liberdade foi o que acabou me dando a coragem de me tornar escritora. E, obrigada, pai, por plantar em mim a semente da escrita e por ser meu primeirssimo editor, por ler e reler cada uma das trezentas pginas do rascunho (e ns dois sabemos que houve vrios). Sei como deve estar cansado desta histria a essa altura e, por essa razo, no vou deix-lo ler esta pgina at que o livro seja lanado. Voc vai ficar muito animado por ter algo novo para ler! A nica desvantagem que no vou poder incluir nenhum de seus comentrios espirituosos.

  • 8Agradeo minha muito estilosa irm mais nova, Terra, por ter sido a consultora de moda oficial do livro. A imagem da minha personagem prin-cipal teria sofrido enormemente se voc no tivesse ajudado e salvado com seu conhecimento sobre estilistas.

    Agradeo a Charlie, meu maravilhoso namorado/companheiro/melhor amigo/alma gmea. Eu sou o balo, e voc a pedra qual estou amarrada, e amo-o por isso... mais do que imagina.

    A Walter Brody, por ter passado seus genes talentosos e por ser a pri-meira pessoa a merecer o ttulo de o homem mais inteligente do mundo. E a Roslyn Brody: gostaria que estivesse aqui para ver meu livro publicado, mas j sei exatamente o que diria: Oy veh, espero que estejam te pagando bem!. No se preocupe, vov, paguei todas as minhas dvidas (quase).

    A Steve e Cathy Brody, por me deixarem seguir seus passos editoriais.Obrigada minha brilhante e incentivadora empresria, Beth Fisher, da

    Levine Greenberg, por acreditar neste conceito desde o incio e por ser to paciente com minha enxurrada interminvel de perguntas sobre o processo editorial. E a Monika Verma, Stephanie Kip Rostan e todos que comparece-ram a essas reunies editoriais misteriosas de vocs.

    Agradeo s minhas editoras maravilhosamente talentosas, Jennifer Weis e Hilary Rubin, por entenderem o impasse de Jennifer/Ashlyn e por me ajudarem a tornar a histria dela o mais forte possvel. E obrigada, Hilary, por ter salvado este livro com o ttulo perfeito!

    A Anne Marie Tallberg, Ellis Trevor, John Karl e todo o pessoal do marketing e da publicidade da St. Martin, por ouvirem todas as minhas ideias e no rirem de nenhuma delas (pelo menos, no na minha frente). Agradeo ao meu misterioso preparador de texto (voc sabe quem , mesmo que eu no saiba), que me conscientizou sobre meu problema de pr hfen em tudo. No-se-preocupe-estou-buscando-ajuda. E a todas as outras pessoas incrveis da St. Martin que ajudaram a transformar o que era um documento do Word de quatrocentas pginas em algo que se pode pegar na prateleira.

    Jerry Brunskill, voc acreditou neste conceito desde o instante que saiu da minha boca, e tenho uma dvida eterna com voc, pelo seu apoio e estmulo. Obrigada pelas horas e horas de trabalho no trailer. Devo-lhe uma grande e complicada planilha! Deus ama planilhas.

  • 9Agradeo a Megan Beatie, a Kathleen Carter e a todos da Goldberg McDuffie por todas as suas brilhantes ideias, entusiasmo e conhecimento de propaganda.

    A todos os meus maravilhosos amigos: Ella, por ler tudo o que eu j escrevi... e por inspirar os acessos de raiva de Zo; Brad Gottfred, por ser minha alma gmea de produo; Katherine Carlson, minha mentora espiri-tual e consultora de O Segredo; Leslie, minha amiga mais velha e rainha do chick lit! Shalini, por inspirar a Ilha da Terapia (embora no tenha entrado na verso final, ainda acho que somos engraadssimas); Allison, Kristin e Alicia, por serem meu primeiro pblico-alvo; Tina, por ser minha gerente de marketing; Holly, por ser o rosto de Ashlyn na internet; Lindsay Wray, por dar a voz linha direta; Hilary e Jen, minhas representantes em Nova York e Los Angeles; Megan, minha colega de Girl at Play; Angie, por sua legtima animao em relao a tudo que fao; e Blair, por nunca se entediar pela minha contnua chateao e por ser minha inspirao para paz interior... e uma dieta 99,9% alcalina.

    Agradeo a George, Vicki e Jennifer, minha famlia do Texas, e a Bob e Kitty, por provarem que os pblicos-alvo foram feitos para serem quebrados.

    A Sylvia Peck, minha primeira empresria. Juliet sempre ser sua.Brian Braff, obrigada pela linda foto de autora e por me manter humilde

    com suas transcries.Obrigada a todos os talentosos atores que agraciaram as cenas do trailer

    com seus lindos rostos (e ps): Deprise Brescia, Holly Karrol Clark, Katharine Horsman, Katie Hein, Chad Chiniquy, Elizabeth Weisbaum, Jeremy Pack, Kip Tribble, Sherry Zerwin, Keith Burke, Jason Rosell, Tye Nelson, Amy Warren, Lois Larimore, Nicholas Hosking, Rick Lundgren, Fabienne Mauer e Cameron Daddo. E a toda a equipe tcnica que dedicou seu tempo e criati-vidade a produzi-lo: Ryan Rees (som), Adam OConnor (cinematografia), Karen Stein (maquiagem), Chahn Chung (design grfico).

    E, por ltimo, mas no menos importante, obrigada a voc, a pessoa que est segurando este livro. Estou enormemente agradecida. Um escritor sem leitor s um louco com uma caneta. E, se voc aguentou essa seo inteira de agradecimentos, definitivamente merece a minha gratido.

  • 10

  • 11

    1

    Trocando de canal

    O homem que eu procurava estava confortavelmente sentado no fundo do bar do hotel. Cabelo escuro, terno escuro, gravata afrouxada, camisa com o primeiro boto aberto. Ele estava sozinho em uma mesa de assento de veludo vermelho com o brao estendido por cima do banco, bem vontade. Seus dedos batucavam suavemente no tecido ao ritmo da agradvel msica que tocava, enquanto a outra mo levava metodica-mente seu copo boca para um outro gole.

    Fiquei observando-o, discretamente, do vo que ligava ao saguo do hotel. Ele estava procura de alguma coisa, nada em especial, mas algo para distra-lo pelo menos, por essa noite. Continuei observando, enquanto seus olhos habilmente encontravam a nica presena femi-nina no bar. Ele a examinou a partir do outro lado do salo e, vendo sua cala de cs alto e a conservadora blusa de gola alta que a des-favorecia, desviou o olhar, desestimulado, e tomou outro gole de sua bebida. E a, bem nessa hora, estava minha deixa.

    Afastei uma mecha de cabelo dos meus olhos e entrei no bar, certifi-cando-me de andar devagar o suficiente para que os olhos dele pudessem me notar. Porm, com a combinao de seus olhos errantes e a notvel escassez de clientes hoje, no foi uma tarefa difcil. Certas noites so sim-plesmente mais fceis que outras.

    Eles geralmente comeam com as pernas. A maioria dos homens gosta de pernas. um fato. Dois anos atrs, eu achava que a populao masculina estava igualmente dividida em trs tipos: os que gostam de pernas, os que gostam de bundas e os que gostam de peitos ou o que eu chamava de a Santssima Trindade Masculina. Mas agora, eu sabia

  • 12

    da verdade: a maioria dos homens gosta de pernas. Mesmo assim, eu geralmente